Cidadeverde.com
Últimas

Gratuidade: Consórcios entregam planilha de custos nesta sexta

Imprimir

Os consórcios de ônibus entregam nesta sexta-feira (16) à prefeitura de Teresina, uma planilha sobre os valores de gratuidade que devem ser subsidiados pelo poder público para que o transporte público da capital volte a funcionar em sua plenitude. A estimativa é que o custo chegue a R$ 31 milhões.

Entram na conta a gratuidade de estudantes, categorias beneficiadas e a chamada "perna da integração", quando o passageiro muda de ônibus sem pagar a mais por isso.

A gente vai continuar falando de equilíbrio econômico do contrato, sobre subsidio, só que a gente vai ter certo o encaminhamento de um auxílio que custeie as gratuidades", disse a advogada Naiara Moraes, representante do Consórcio Sitt.

A advogada garante que todos os custos com as gratuidades serão detalhados nessa planilha.

"Os estudantes e todas as categorias de gratuidade nós estamos fazendo um levantamento e junto com essa minuta que encaminharemos amanhã, estamos comprovando o que cada empresa transportou de janeiro até agosto de gratuidade em cada ônibus. Tudo isso somado e mapeado no custo que está sendo entregue ao superintendente", declarou.

Para Naiara Moraes, o auxílio para custear as gratuidades já é considerado um aporte financeiro ao sistema de transporte público da capital.

"O custeio de gratuidade já é um recurso de aporte ao sistema. É um primeiro ponto de consenso. Não é um dinheiro aleatório", explica.

A expectativa é que um cronograma de reestabelecimento das linhas de ônibus também deva ser entregue nesta sexta-feira.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir