Cidadeverde.com
Política

Governo federal anuncia que vai assumir rodovias estaduais nos Cerrados

Imprimir

Foto: Ascom

Trechos das rodovias estaduais PI-247 e PI-392 serão federalizados para garantir mais infraestrutura à produção de grãos nos cerrados piauienses. A determinação partiu do presidente da República Jair Bolsonaro ao ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira.

O parlamentar esteve em audiência, na tarde de hoje, com os ministros Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) e Ciro Nogueira (Casa Civil), com o diretor-geral do DNIT, General Santos Filho, e com superintendente do DNIT-PI, Ribamar Bastos, além dos deputados Átila Lira (PP/PI) e dos empresários do agronegócio Ricardo Faria e Sérgio Bortolozzo. Pela manhã, eles estiveram nos cerrados ouvindo a demanda inloco.

A federalização das rodovias estaduais faz parte de um conjunto de obras na região sul do estado, incluindo a construção de uma nova ponte ligando o Piauí ao Maranhão, entre os municípios de Ribeiro Gonçalves a Tasso Fragoso.

O senador Elmano Férrer afirmou que a medida vai ampliar a infraestrutura na região dos cerrados, que responde por mais de 90% da produção de grãos do estado. “Essa é uma reivindicação dos produtores que sofrem com a negligência do Estado e a falta de estrutura para escoar a produção do agronegócio, tão importante para a economia piauiense. O Governo Bolsonaro, com apoio irrestrito do ministro Tarcísio Gomes de Freitas, vai garantir mais essa grande obra para o Piauí”, disse o senador.

A federalização vai ser realizada nos trechos da PI-247 e PI-392, entre o entroncamento da BR-135/PI, passando por Sebastião Leal, Uruçuí e Ribeiro Gonçalves, e ainda entre Ribeiro Gonçalves e a BR-330/PI, rodovia de ligação federal. Os produtores da região vão investir na realização do estudo da viabilidade técnica e econômica (EVETEA) e no projeto executivo de engenharia.

“Estamos fazendo uma transformação nos cerrados do Piauí, levando mais infraestrutura para o agronegócio. Em breve vamos construir outra ponte ligando o Piauí ao Maranhão, entre os municípios de Ribeiro Gonçalves/PI e Tasso Fragoso/MA, num prolongamento da BR-330. Além disso, com apoio do Governo Federal, transformamos a rodovia da morte, BR-135, em rodovia da soja”, afirmou Elmano.

Ponte Estaiada

Em maio deste ano, o ministro Tarcísio de Freitas e o presidente Bolsonaro estiveram no Piauí para inaugurar a Ponte Estaiada sobre o Rio Parnaíba, entre Santa Filomena/PI e Alto Parnaíba/MA, ligando os cerrados do Piauí aos cerrados do Maranhão. “Uma obra reivindicada há mais de três décadas e que agora é uma realidade. Esta nova ponte de Santa Filomena - construída em menos de 2 anos - integra os nossos cerrados à Ferrovia Norte-Sul. E acaba com a dependência de balsas na região, gerando uma economia estimada em 8% no valor do frete para o transporte dos grãos produzidos no sul do Piauí até o Porto de Itaqui, no Maranhão”, explica o senador.

 

Imprimir