Cidadeverde.com
Esporte

Zico compara Renato e Jesus e diz que brasileiro precisa de títulos no Flamengo

Imprimir

Desde que chegou ao Flamengo, o técnico Renato Gaúcho conseguiu fazer com que a equipe jogasse mais solta, com mais alegria em campo. Tanto que, em 17 jogos, conquistou 14 vitórias.

Fotos - Alexandre Vidal/Flamengo e Flickr/Grêmio

Com isso, diversos torcedores já traçaram comparações com Jorge Jesus, que teve trabalho histórico em 2019. 

Para Zico, maior ídolo da história do clube, o brasileiro tem tudo para chegar perto do português, mas apontou que o sucesso do treinador depende de conquistas importantes.

"Eu estou torcendo para que isso aconteça. Ele é um grande amigo, tenho uma admiração muito grande. Um dos grandes profissionais que eu trabalhei. Então, eu quero o sucesso dele. Hoje, o sucesso dele depende dessas conquistas. 

Ele tem três competições para conquistar. Eu sou avesso a essas comparações, mas números são importantes quando os trabalhos se encerram", disse Zico, em entrevista à ESPN Brasil, antes de completar:

"No meio do trabalho, o Renato teve um início de trabalho que poucos tiveram, tanto no Flamengo quanto no futebol em geral. É uma avalanche. Todo mundo que vai jogar contra o Flamengo já está preparado, então tem que ter um plano B para sair das armações dos adversários. 

Quando você não começa tão bem, os adversários relaxam. Mas começar do jeito que o Renato começou, abre o olho de todo mundo", completou.

Além disso, Zico apontou o grande segredo para o sucesso de Renato Gaúcho no Flamengo. Para o lendário camisa 10, a rodagem do elenco e confiança que o treinador passa para os atletas é fundamental no andamento do trabalho.

Vale destacar, também, que essa boa energia faz com que todo o grupo tenha um astral diferente e, com isso, fique mais unido.

"O grande mérito do Renato é fazer todo mundo jogar. É dar confiança aos jogadores e acreditar na capacidade de cada um. Se o jogador está ali é porque merece estar ali. Ele é alegre, fácil de lidar e otimista. 

Ele é vencedor por natura. Ele tem essa energia, ele transpira isso. Ele dá confiança, ele acredita nos jogadores. E os jogadores fazem o possível para corresponder", finalizou.

Com o Flamengo lutando por todos os títulos importantes da temporada - Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores e Copa do Brasil -, Zico diz que estará na torcida. O próximo compromisso é diante do Barcelona-EQU, pelas semifinais da competição continental. 

A partida de ida acontecerá nesta quarta-feira, às 21h30, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir