Cidadeverde.com
Política

Presidente da Eturb afirma ser vítima de difamação e registra B.O após ameaças

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O presidente da Empresa Teresinense de Desenvolvimento Urbano (Eturb), João Pessoa, confirmou que prestou um Boletim de Ocorrência (B.O) contra a liderança Rafael Sales Oliveira. 

O  filho do prefeito Dr. Pessoa argumentou ter tido o número de telefone pessoal  divulgado e que passou a receber ameaças de morte. O motivo foi a divulgação de um vídeo no qual a liderança afirma que famílias residentes na região da horta comunitária no Parque Universitário, no bairro Samapi, teriam as moradias desapropriadas. 

João Pessoa afirmou que a imputação da liderança é falsa. Ele explicou que, ao contrário do que foi dito, a remoção das famílias da área não é uma atribuição da Eturb e tampouco a ordem para a retirada partiu dele. 

“A Eturb não trata de reintegração de posse, mas sim de regularização fundiária. Ali é uma determinação do Poder Judiciário. Agora, uma liderança de bairro vai para uma invasão dizer para todos que estou contra eles, que sou quem está retirando todos eles de lá. Ele está incitando o ódio contra minha pessoa”, declarou.

João Pessoa pontuou que no B.O fez duas denúncias. Uma contra Rafael Dias pelo crime de difamação e a segunda em relação aos números de telefone que o contactaram para fazer as ameaças. As denúncias serão investigadas pela Delegacia Especializada em Crimes de Informática. 

 

Flash Paula Sampaio
redaçã[email protected]

Imprimir