Cidadeverde.com
Esporte

Derrota em Natal tirou o 4 de Julho da Série D

Imprimir

O ABC venceu o jogo com o 4 de Julho por 2 x 0, neste domingo (3), em Natal. O time piauiense durante todo o primeiro tempo foi muito defensivo e não teve nenhum poder ofensivo. 

Fotos: Rennê Carvalho / ABC F.C.

Os atacantes Jânio Daniel Zé Artur foram completamente dominados pela marcação, de modo que o goleiro Wellington não realizou intervenções que chamassem a atenção. 

O alvinegro potiguar insistiu na busca do gol e conseguiu aos 33 minutos, quando Gustavo Henrique desviou uma bola do zagueiro Netinho quase na linha da meta. Gilmar Bahia estava na jogada, mas acabou dificultando a ação do goleiro Jaílson.

Na fase final o 4 de Julho, na tentativa de chegar ao empate, abriu a defesa e o ABC aproveitou bem e marcou o segundo gol aos 28 minutos através de Wallyson em ótima finalização no centinho direito de Jaílson. 

E somente nos últimos 15 minutos o 4 de Julho conseguiu atacar e oferecer perigo para o ABC. Jânio Daniel acertou a trave, Ítalo Pica Pau e Ricardinho acertaram bons chutes contra a meta do ABC. 

E o placar ficou mesmo em 2 x 0, eliminando a equipe piauiense na Série D e classificando o representante do Rio Grande do Norte para as quartas de final.

Ficha técnica do jogo ABC 2 x 0 4 de Julho:

Local – Estádio Frasqueirão, em Natal.

Gols – Gustavo Henrique aos 39 minutos do primeiro tempo e Wallyson aos 28 do segundo.

ABC – Wellington; Netinho, Suéliton, Álisson Cassiano e Vinícius (Bruno Sousa): Falipe Manoel (Vinícius Paulista), Valderrama, Negueba e Allan Dias (Denner); Wallyson e Gustavo Henrique (Marcos Antônio). Técnico – Moacir Júnior.

4 de julho – Jaílson; Edy, Gilmar Bahia, Marcelo e Chico Bala (Diguinho); Rômulo (Etinho), Robson Alemão (Cinelton), Zé Flores (Ricardinho) e Hiltinho; Zé Artur (Ítalo PicaPau) e Jânio Daniel. 

Assim como já havia acontecido no jogo em Piripiri, os atacantes Jânio Daniel e Zé Artur tiveram atuações apagadas, bem diferentes da partida com vitória de 3 x 0 diante do Penarol do Amazonas.

Árbitro - Célio Amorim (SC); Assistentes - Alex dos Santos e Giseli Casaril, ambos de SC; 4º árbitro – Evandro Thiago Bender (SC); 5º árbitro – George Ítalo (RN); Analista de campo – Isac Márcio (RN).

A derrota não tira os méritos do Colorado de Piripiri na campanha.  De um modo geral, o desempenho do 4 de Julho pode ser considerado bom, levando-se em conta, inclusive, o fato de que perdeu alguns bons valores do seu elenco, como Vitor Recife, Dudu Beberibe, Tedy Love e Esquerdinha.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir