Cidadeverde.com
Entretenimento

Red Hot Chili Peppers anuncia shows da turnê mundial

Imprimir

Foto: Julio Cesar/AgNews


Cantor Charlie Puth na Sacada do Hotel Fasano no Rio de Janeiro na Compania do integrantes da Banda Red Hot Chili Peppers em 2019

O Red Hot Chili Peppers anunciou nesta quinta (7) locais e datas da turnê mundial com início em junho de 2022. Por ora, os shows marcados se concentram na Europa, nos Estados Unidos e no Canadá. A divulgação foi feita por meio das redes sociais em que os integrantes da banda simulavam um telejornal.

A banda contará ainda com convidados especiais dependendo da cidade. Entre os nomes estão Anderson. Paak, A$ap Rocky, Beck, Haim, King Princess, St. Vincent, Strokes. e Thundercat.

O primeiro show anunciado está marcado para 4 de junho em Sevilha, na Espanha. No dia 7 de junho, ainda no país ibérico, sobem ao palco em Barcelona. A agenda europeia passa por locais como Budapeste (Hungria), Florença (Itália), Londres (Inglaterra) e tem como apresentações finais Paris (França) e Hamburgo (Alemanha) em 12 de julho.

O início da perna americana da turnê se dá em 23 de julho em Denver, passando por San Diego (27 de julho), Las Vegas (6 de agosto), Chicago (19 de agosto) com término, até o momento, em Arlington (18 de setembro). Neste meio tempo, ainda há uma passagem por Torono, no vizinho Canadá, em 21 de agosto. A lista de shows está disponível no site oficial.

Em 2020, a banda já havia sido confirmada em alguns festivais neste verão Europa, como o NOS Alive, um dos principais de Lisboa. Mas, com o adiamento por causa da pandemia, esses shows não foram confirmados.

Por ora, não há apresentação divulgada no Brasil ou em algum país da América do Sul. A última vez que os Chili Peppers se apresentaram no país foi em 2019, no Rock in Rio.

A turnê marca a volta de Frusciante aos palcos com a banda. Ele retornou ao grupo californiano em 2019 no lugar de Josh Klinghoffer, que já o havia substituído em 2009.

Frusciante participou de alguns dos principais álbuns gravados pela banda da Califórnia, como "Mother's Milk", "Blood Sugar Sex Magik", "Californication" e "By The Way".

É a terceira passagem de Frusciante ao lado do baixista Flea, do vocalista Anthony Kiedis e do baterista Chad Smith -a formação clássica.

O guitarrista se juntou a eles em 1988 e saiu em 1992, após grande sucesso do disco "Blood Sugar Sex Magik", com hits como "Under the Bridge" e "Give It Away".

A segunda passagem teve início em 1998, antes do lançamento de "Californication" (1999). Foram 11 anos até ele novamente sair em 2009, depois de gravar o álbum "Stadium Arcadium" (2006).

Além da turnê, a banda prepara um novo disco. Segundo o produtor Rick Rubin, em entrevista ao podcast Talk Is Jericho, o trabalho já está em processo de finalização.

Rubin produziu álbuns de grande sucesso da carreira dos Chili Peppers: "Blood Sugar Sex Magik" (1991), "One Hot Minute" (1995), "Californication" (1999), "By The Way" (2002), "Stadium Arcadium" (2006) e "I'm With You" (2011).

"O primeiro ensaio para o qual fui convidado depois que John se juntou à banda me fez chorar, foi tão emocionante ver eles juntos de novo", afirmou.

"Eu diria que é a combinação exata. Quando Flea e John tocam juntos algo mágico acontece. Quando Chad toca com Flea e John algo mágico acontece. Quando Anthony canta com o que esses caras tocam soa como o verdadeiro Chili Peppers que você conhece."

Fonte: Folhapress

Imprimir