Cidadeverde.com
Últimas

Suparc desenvolve projeto para vilas gastronômicas em viadutos de Teresina

Imprimir

Foto: Suparc

A Superintendência de Parcerias e Concessões do Piauí (Suparc) está desenvolvendo um projeto visando criar mais opções de lazer e cultura, além de novas oportunidades de negócio em Teresina, aproveitando áreas ociosas embaixo de pontes e viadutos da capital. Dois desses espaços vão ser transformados em vilas gastronômicas, que são empreendimentos nos moldes de praça de alimentação, com espaços abertos e fechados, ofertando produtos diversificados na área gastronômica que fazem referência à comida de rua. A previsão de concretização desse projeto é até o início do próximo ano.

Uma das vilas gastronômicas vai ser construída no espaço embaixo do viaduto na Avenida Miguel Rosa, nas proximidades do Novo Piauí Center. Será feita a revitalização desse espaço público, com disponibilização de uma área de 5.900 m² destinada a oito boxes para restaurantes e lanchonetes (27 m² cada), além de estruturas móveis do tipo contêiner para comercialização de comida. Também serão implantados banheiros comuns e bebedouros no local, que contará com estacionamento no entorno..

Outro ambiente que será convertido em Vila Gastronômica é o baixo da Ponte Juscelino Kubitscheck, na Avenida Marechal Castelo Branco, região próxima do Centro de Convenções. Com uma área total de 3.400 m², o espaço terá oito boxes para restaurantes e lanchonetes (27 m² cada), além de contêineres e banheiros. “O local já possui alta rotatividade de pessoas que praticam atividade física naquela região e queremos atender esse público, ao mesmo tempo que oferecemos mais uma opção de lazer e alimentação para famílias”, comenta a superintendente de Parcerias e Concessões, Viviane Moura.

Por todo o Brasil, existem casos de sucesso desse tipo de empreendimento, a exemplo da Villa Boracay, em São Luís do Maranhão. Inaugurado em 2017, o local tem estrutura feita de contêineres onde foram montados bares, hamburgueria, restaurante de comidas naturais e sushi, além de outros tipos de estabelecimentos como barbearia, estúdio de tatuagens, lojas de esporte e playground. A ideia da Villa Boracay surgiu de um grupo de kitesurfistas que queriam um espaço para beber e comer em meio às atividades físicas.

Da Redação
[email protected]

Tags: PPPSuparc
Imprimir