Cidadeverde.com
Geral

Cerca de 180 moradores da zona rural recebem emissão de RG em projeto

Imprimir

Foto: Ascom/SMPM

Durante a passagem do Ônibus Lilás na zona Rural de Teresina no mês de agosto, a emissão de RGs foi um dos serviços oferecidos na programação do evento. Nessa quinta-feira (07), a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e a Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres (CEPM-PI) realizaram a entrega de 180 documentos nas quatro comunidades atendidas pelo projeto.

Ao todo, foram entregues 33 documentos no povoado Boa Hora (Zona Norte), 27 no povoado Santa Teresa (Zona Leste), 55 no povoado Taboca do Pau Ferrado (Zona Sudeste) e 65 no povoado Cerâmica Cil (Zona Sul).

De acordo com a Secretária Karla Berger, as entregas beneficiam principalmente as mulheres da comunidade que possuem dificuldades de locomoção até aos pontos de emissão para retirar os documentos de suas crianças.

“Conseguimos fazer a entrega desses documentos com a parceria da Coordenadoria Estadual em um evento que tem como objetivo informar sobre a rede de apoio contra a violência doméstica, mas também acessar garantias de direitos básicos”, destaca.

A secretaria ressalta ainda que a atividade foi importante para que a SMPM esteja cada vez mais ciente das demandas vividas pelas mulheres do campo, uma vez que ao estar distante dos serviços na zona urbana, acabam muitas vezes não acessando.

 “O compromisso da Secretaria da Mulher é acompanhar e entender os múltiplos problemas vivenciados pela mulher teresinense”, frisa. “Por isso, levar os serviços que possuímos e os que temos como parceiros ao seu dispor, garante melhoria na vida das mulheres”, complementa.

Sobre o Ônibus Lilás

O Ônibus Lilás, do programa “Mulher, Viver sem Violência”, do Governo Federal, percorreu a zona rural de Teresina no mês de agosto. O projeto disponibiliza informações sobre prevenção à violência contra a mulher e presta atendimento gratuito às vítimas.

Na capital o projeto é realizado através da parceria com a Coordenadoria Estadual de Políticas para as Mulheres (CEPM-PI) e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres (SMPM), no qual o município fica responsável pela programação e execução das atividades.

O projeto destina unidades móveis de atendimento à mulher em comunidades rurais com ações voltadas para o enfrentamento às violências, em especial os serviços de justiça, saúde e assistência social.

A técnica de articulação da SMPM, Jahyra Sousa destaca que as atividades desenvolvidas através do ônibus lilás têm sentido acolhedor, onde a mulher possa compartilhar a sua vida e tenha o sentimento de que existem serviços em que ela possa ser amparada.

Da Redação
[email protected]

Imprimir