Cidadeverde.com
Últimas

Com representantes em 7 modalidades, Piauí disputa Jogos Universitários

Imprimir

Foto: Leticia Santos/Cidadeverde.com

A principal competição Universitária do país volta a acontecer em 2021 e o Piauí terá ao total 80 representantes nesta edição do Jogos Universitários Brasileiros (Jubs), em Brasília que inicia no domingo (10) com cerimonia de abertura e vai até próxima segunda-feira (18). Entre esses 80 nomes, 66 atletas, nove técnicos e cinco dirigentes. O estado ao total terá atletas em sete modalidades distintas. 

O Piauí tem representantes nesta edição no – atletismo, badminton, natação, handebol, voleibol, xadrez e judô. O estado já conseguiu ter uma variedade maior de atletas nas modalidades, porem a própria pandemia prejudicou nesse processo de seletivas já que muitas das modalidades olímpicas vivem momento de retorno gradual. 

Entre as modalidades coletivas o Piauí é muito forte e favorito a pódio e até titulo no handebol masculino com os atletas do Caic/GHC comandados por Giuliano Ramos. Eles são os atuais terceiros colocados e foram campeões em 2018. 

Foto: Arquivo Pessoal

Nas modalidades individuais e duplas o estado tem grandes chances de subir ao pódio com o atletismo com nomes experientes em Jubs e já medalhistas e também no badminton, tanto no masculino como no feminino com os atletas da Associação de Badminton do Grande Dirceu (Asbagdi). 

O judô também tem alguns nomes fortes como o atleta Addms Nascimento, experiente nesse tipo de competição e pode ter no feminino uma boa surpresa com Larissa de Castro, única mulher representante do estado no judô, que se divide entre a faculdade de medicina e a o esporte olímpico que pratica desde criança. 

Participam da abertura dos JUBs 3 mil estudantes atletas, que saíram de 270 universidades das 27 Unidades da Federação, além de oficiais, técnicos, árbitros e comitê organizador do evento. Todos passaram pelo protocolo de segurança e saúde implementado pela CBDU.
 
A competição terá que seguir todo um protocolo devido a pandemia de Covid e apenas pessoas credenciadas terão acesso. A Confederação Brasileira de Desporto Universitário frisou a importância do retorno da competição, que é responsável por revelar grandes nomes do esporte brasileiro. “A CBDU está mostrando que é possível continuar desenvolvendo atividades, não só no esporte universitário, mas em qualquer segmento”, afirma Luciano Cabral, presidente da CBDU.

Pâmella Maranhão
[email protected]

Imprimir