Cidadeverde.com
Esporte

Cruzeiro ganha moral para enfrentar Botafogo, com melhor campanha do returno

Imprimir

O Cruzeiro ganhou moral e alívio com a imponente vitória por 3 a 0 em cima do Coritiba, nada menos que o líder da Série B do Campeonato Brasileiro, na última sexta (8). Com o resultado, o time celeste reduziu para 0,77% a chance de sofrer novo rebaixamento.

Foto - Bruno Haddad - Cruzeiro

A possibilidade de estar na Série A no próximo ano, no entanto, ainda é pequena, de 0,34%, também segundo cálculos do departamento de matemática da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais). Com 38 pontos, o Cruzeiro ainda tem 27 em disputa e precisaria de uma campanha praticamente perfeita na reta final.

Caso vença todos os nove jogos que lhe restam, o time de Vanderlei Luxemburgo chegará aos 65 pontos, marca que, ainda de acordo com a UFMG, lhe garantirá 99% de chance de subir de volta à elite do Brasileiro -no ano passado, o Cuiabá conseguiu o acesso ao somar 61.

"Nós estamos distantes ainda. Temos que saber que estamos atrasados. Agora vamos jogar só jogos decisivos. Mas o importante é que avançamos na tabela e adquirimos respeito dos adversários, isso é muito importante", disse Luxemburgo após bater o Coritiba.

Enquanto mira uma arrancada perfeita, o Cruzeiro terá pela frente às 21h30 desta terça-feira (12) justamente o time que tem a melhor campanha do returno da Série B: trata-se do Botafogo, que saltou do meio da tabela para a vice-liderança após emendar sete vitórias, um empate e duas derrotas.

Apesar do aproveitamento de 73,3% neste período e da maior probabilidade de acesso, de 86,1%, de acordo com a UFMG, o time alvinegro também mantém um discurso comedido ao tratar do eventual retorno à Série A -a equipe de Enderson Moreira soma 51 pontos.

"Tento passar para os atletas um ambiente bom, saudável, de não se entusiasmar demais nas vitórias e de também não remoer demais as derrotas. Carregamos o peso de cada um da forma que tem de carregar", declarou o treinador botafoguense após a vitória sobre o CRB na sexta.

Agora contra o Cruzeiro, Enderson deverá retomar a titularidade da dupla de laterais Daniel Borges e Carlinhos, poupada de parte do último jogo. Diego Loureiro voltará ao gol. Do lado celeste, Luxemburgo precisará suprir a ausência do zagueiro Ramon, suspenso.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir