Cidadeverde.com
Últimas

Venda de tíquetes ajuda Rede Feminina a arrecadar fundos em prol de crianças com câncer

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Uma das principais campanhas de arrecadação em prol de crianças e adolescentes com câncer no Brasil chega a sua 33ª edição neste sábado (23/10). No Piauí, a campanha, intitulada como Mc Dia Feliz, conta com a participação da Rede Feminina de Combate ao Câncer. Este ano, a renda obtida na campanha será destinada para a Capacitação no Diagnóstico Precoce para profissionais de saúde no estado do Piauí.
 
Para ajudar, os interessados precisam ir até o Lar de Maria, na zona Sul de Teresina, e adquirir um tíquete. "Peço para as pessoas comprarem os tíquetes para nos ajudar. Tem muito tíquete parado para vender", afirmou Samara Pinheiro Martins, voluntária da Rede Feminina há 11 anos. Também é possível adquirir um dos tíquetes através do telefone 86 3215-9650.
 
Outra forma de ajudar na campanha é comprando um BIG MAC no dia 23 de outubro de 2021. O sanduíche estará custando R$ 17 e toda a renda será destinada para a capacitação dos profissionais doe saúde no Piauí que atuam no diagnóstico precoce da doença.

"Assim sendo, solicitamos a vossa senhoria a compra de tíquetes do McDia Feliz 2021, para que com vossa colaboração, possamos impactar positivamente, salvando vidas e viabilizando a melhoria da qualidade de vida e o bem-estar destas crianças e adolescentes.", diz trecho da nota enviada ao Cidadeverde.com.

Os recursos da campanha ainda serão destinados à continuidade do Projeto Data Manager, iniciativa que contempla protocolos hospitalares que visam a melhoria do tratamento, implementando melhores práticas e o acompanhamento próximo e periódico de cada criança e adolescente. 
 
"Quem comprar um tíquete ajuda a transformar tíquetes em sorrisos. E toda venda do tíquete é revertida para um determinado projeto da Rede Feminina", completou a  Samara Pinheiro Martins. Este ano, a campanha tem como tema a "Sua Consciência é a Nossa Esperança".
  
CÂNCER NO BRASIL
 
Segundo o INCA (Instituto Nacional do Câncer), para cada ano do triênio 2020-2022 serão 4.310 casos novos.

No Piauí, a estimativa para o ano de 2021 é de 130 novos casos, muitos destes diagnosticados tardiamente, impossibilitando a aplicação da medicina curativa Efetiva.

 

 

Nataniel Lima
[email protected]

 

Imprimir