Cidadeverde.com
Esporte

Guto Ferreira tenta confirmar ascensão do Bahia em reencontro com Ceará

Imprimir

Há pouco mais de duas semanas no Bahia, Guto Ferreira tenta firmar a recuperação da equipe no Campeonato Brasileiro em duelo às 19h desta quarta-feira (27) com seu último clube, o Ceará, que, ao contrário do treinador, tem ido mal desde o rompimento entre ambos.

Demitido do time cearense no final de agosto, Guto assumiu o Bahia, onde já era velho conhecido dos torcedores, com a missão de evitar o rebaixamento à Série B. Em quatro jogos até aqui, o treinador somou dois empates e duas vitórias, a última delas no domingo passado (24), com o 3 a 0 sobre a Chapecoense.

Agora, o time tricolor, que antes de Guto figurava no Z-4, já aparece na 15ª colocação, com 31 pontos, um a menos que o Ceará, que, desde a saída de seu ex-treinador, caiu seis posições na tabela, para 14º -no período, sob comando do sucessor Tiago Nunes, somou oito pontos em nove jogos, com só uma vitória.

"Vai ser um jogo muito difícil, embora o Bahia tenha tido a felicidade esse ano de vencer o Ceará em duas partidas. É uma partida importantíssima, mais uma decisão, e a gente tem que minimizar erros", disse Guto às vésperas do reencontro.

Uma das vitórias citadas por ele ocorreu no primeiro turno do Brasileiro, quando ainda estava do lado alvinegro. A outra, também com Guto como treinador do Ceará, ocorreu na final da Copa do Nordeste deste ano, o que rendeu o título da competição ao Bahia.

Na temporada anterior, no entanto, o técnico havia levado a melhor no mesmo torneio regional ao ser campeão com o Ceará justamente sobre o time tricolor. As disputas seguidas acirraram a rivalidade entre os clubes, que ganhou ainda nova nuance com a troca de lado de Guto Ferreira.

Fonte: Folhapress

Imprimir