Cidadeverde.com
Cidades

Projeto "A Incrível Máquinas de Livros” estará em escolas e praça de Teresina

Imprimir

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

Estacionou em Teresina o projeto “A Incrível Máquina de Livros”. De forma inovadora, o projeto incentiva a leitura e a formação de leitores através da doação de livros. Na máquina de livros há duas entradas: uma para o leitor colocar um livro que já leu e a outra que sai um novo livro, transformado e pronto para uma nova leitura. 

O projeto chegou em Teresina na noite deste domingo (31/10) e estará disponível ao público nos dias 02, 03 e 04 de novembro. “A Incrível Máquina de Livro” faz parte de uma iniciativa da Infinito Cultural, em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e com o patrocínio da Colgate-Palmolive.

"Basta você trazer um livro usado, que já leu, que está parado na sua casa. A proposta é que você traga e transforme aquele seu livro em um novo livro. Em questão de segundos você sai com uma nova leitura para levar para casa", destacou ao Cidadeverde.com Fauze Jibran, presidente da Infinito Cultural. 

PRIMEIRA VEZ NO PIAUÍ

Em Teresina, o projeto foi viabilizado pela Prefeitura da capital, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMEC). Ao todo, 12 escolas da rede municipal de ensino participarão do projeto. "Cada escola levará aproximadamente 60 crianças para transformarem seus livros. Esperamos contar com a participação de umas 600 a 700 crianças", informou a SEMEC à nossa reportagem.

Essa é a primeira vez que “A Incrível Máquina de Livros” vem ao Piauí, desde a sua criação em 2017. A capital piauiense é o único lugar que ela ficará no estado. No dia 5 de novembro, os organizadores do projeto já levarão a máquina para a cidade de Fortaleza, no Ceará. 

Nesta segunda-feira (1º/11), a máquina está percorrendo alguns pontos estratégicos da cidade para divulgar o projeto. Mas, “A Incrível Máquina de Livros” estará em um único lugar na cidade: na Praça João Luís Ferreira.

Na terça (02/11) o horário de funcionamento será das 09h às 16h, e na quarta (03/11) e quinta-feira (04/11) das 08h às 11h30 e das 13 às 17h.

"Nossa única exigência é que os livros sejam livros de literatura e em bom estado. A ideia é essa transformação ser contínua. Não fazemos só a transformação de livros, mas fazemos esse intercâmbio de livros entre cidades. Os livros que são entregues aqui vão ser provavelmente transformados para outras pessoas em Fortaleza, Recife...", afirmou Jibran.  

 

Nataniel Lima
[email protected]

Imprimir