Cidadeverde.com
Esporte

Em jogo interrompido pela chuva, Cruzeiro empata com Vila Nova e segue jejum

Imprimir

O Campeonato Brasileiro da Série B entrou em sua reta final e nesta segunda-feira à noite apenas uma partida abriu as disputas da 33ª rodada.

Foto - Gustavo Aleixo - Cruzeiro

Em um duelo que ficou interrompido por 36 minutos por conta da forte chuva que caiu em Belo Horizonte (MG), Cruzeiro e Vila Nova ficaram no empate por 1 a 1, na Arena Independência.

Depois de ver o rival sair na frente com Clayton, os donos da casa empataram com Giovanni de pênalti, mas chegou a quatro jogos de jejum de vitórias na competição nacional.

Com o resultado, o Cruzeiro aparece na 14ª colocação com 40 pontos e está a cinco de distância da zona de rebaixamento, já que o Londrina - que é o primeiro time dentro do Z4 - tem 35, mas pode ver essa gordura diminuir com a sequência da rodada.

O Vila Nova vive uma situação um pouco melhor. Embalado por nove jogos sem derrota, é o décimo colocado com 43 pontos.

O primeiro tempo começou bastante conturbado, por conta da forte chuva que caia em Belo Horizonte. Tanto que depois de 12 minutos de bola rolando, o jogo foi interrompido por conta do gramado encharcado e só foi reiniciado apenas 36 minutos depois, quando a situação melhorou.

Depois disso, ambos os times foram para cima e conseguiram balançar às redes, ambos de pênalti.

Aos 32 minutos, Alesson foi tentar dar um voleio e acabou recebendo um chute do adversário. Depois de analisar o lance no VAR, o árbitro marcou pênalti. Clayton foi para a cobrança e não desperdiçou, mandando a bola no canto oposto de Fábio.

Pouco depois, Welligton Nem invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro Rafael Donato. Na cobrança, Giovanni deslocou o goleiro Georgemy e deixou tudo igual para o Cruzeiro.

No segundo tempo, o Cruzeiro ditou o ritmo nos primeiros minutos e teve uma boa chance, aos 12. Welligton Nem recebeu com liberdade no canto direito, invadiu a área e chutou cruzado, mas Georgemy se esticou inteiro para fazer a defesa.

O próprio atacante do time mineiro teve mais uma oportunidade aos 23. Ele pegou a sobra, mas acabou mandando por cima do gol.

A partir daí, o Vila Nova foi equilibrando o duelo. Aos 35, Arthur Rezende cobrou falta na área e Rafael Donato cabeceou bem, mas Fábio conseguiu fazer uma importante defesa. Em mais uma bola alçada na área, Rafael Silva também teve a sua chance, mas desta vez mandou para fora.

Os dois times voltam a campo no próximo final de semana para a 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na sexta-feira, o Cruzeiro visita o Londrina, no Estádio do Café, às 21h30. No domingo, o Vila Nova recebe o Guarani, no OBA, em Goiânia (GO), às 18h15.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir