Cidadeverde.com
Últimas

Zona Norte de Teresina tem maior taxa de pessoas que não retornam para 2ª dose

Imprimir

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

Um levantamento realizado por professores na Universidade Federal do Piauí (Ufpi) aponta a zona Norte de Teresina como a região com o maior percentual de pessoas que não retornam para a aplicação da 2ª dose da vacina contra a Covid-19. De acordo com o levantamento, aproximadamente 47% do público alvo residente naquela região não recebeu a segunda dose. 

Segundo informou ao Cidadeverde.com o professor pesquisador Emídio Matos, doutor em Ciências Biomédicas e membro do Núcleo de Estudos em Saúde Pública da Ufpi, os motivos para que esse retorno não aconteça são os mais variados possíveis. Contudo, alguns pontos devem ser levados em consideração. 

"É importante frisar que vacina tem. O que está faltando é o acesso a essas vacinas. Por exemplo, na Santa Maria da Codipi, Parque Wall Ferraz temos 42% da população que não voltou para segunda dose. Quando olhamos para o Jockey, por exemplo, esse percentual cai para 17%", ressaltou o professor à nossa reportagem. 

De acordo com o pesquisador, com os dados fica evidente que a população da zona Norte está desassistida quando o assunto é condições de acesso a esses locais de vacina.

 "Precisamos lembrar que quem mora nas regiões mais periféricas está vivendo, além da crise sanitária, com um caos no transporte público. Como elas podem se deslocar nessas situações? Do outro lado temos os moradores do Jockey que muito provavelmente têm carro próprio para locomoção", destacou o professor.

CLIQUE AQUI e confira o estudo feito pelos pesquisadores da Ufpi. 

Foto: Reprodução TV Cidade Verde 

O pesquisador da Ufpi destacou ainda que com os dados é possível perceber um atraso na vacinação ou na imunização completa em Teresina. E esse atraso não acontece de forma uniforme. Algumas regiões estão vacinando mais do que outras. 

SOLUÇÃO 

Uma das soluções apontadas pelo professor Emídio Matos é com relação ao sistema de saúde em Teresina. "Em toda rua tem um agente comunitário responsável. Esse agente é o profissional mais próximo da comunidade. Tenho a impressão que se chamar essas lideranças comunitárias podemos compreender uma solução para cada região. Já que cada local tem sua particularidade", frisou o professor. 

VACINAÇÃO EM TERESINA

De acordo com dados do Vacinômetro, visualizados às 11h30 desta terça-feira (02/11), Teresina recebeu 1.339.881 doses de vacina contra a Covid-19. Desse total, 1.009.307 já foram aplicadas. 

Ainda segundo o Vacinômetro, 622.854 pessoas na capital piauiense receberam ao menos a primeira dose da vacina. Enquanto 379.037 receberam a segunda dose do imunizante contra a Covid-19. 

Isso quer dizer que 43,83% do público alvo em Teresina já está compltamente imunizado contra o novo coronavírus.

 

Nataniel Lima
[email protected]

Imprimir