Cidadeverde.com
Política

Marina Santos afirma que continua alinhada com Wellington Dias e diz que apoiará Rafael Fonteles

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidade Verde

A deputada federal Marina Santos (PL) afirmou nesta terça-feira (02) que caso a filiação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)  na sigla venha a concretizar-se em nada impedirá o alinhamento com o governador Wellington Dias (PT) no Piauí. 

“Não tem nenhum problema com essa aliança. Continuamos com Wellington Dias, não tem problema algum. O PL entende a situação local, as alianças que forem convenientes localmente”, garantiu. 

A parlamentar também reforçou que permanece no grupo governista e que, portanto, apoiará o pré-candidato petista Rafael Fonteles no próximo ano.

“O presidente Valdemar fez essa liberação que cada um ficasse a vontade para trilhar o caminho que fosse conveniente, inclusive, para a presidência”, explicou.

Atualmente, o chefe do Executivo avalia três partidos onde deverá filiar-se para disputar a reeleição em 2022: PL, Progressistas e Republicanos.

Questionada sobre a fala de Bolsonaro que associou as vacinas contra a Covi com a Aids, doença causada pelo HIV, a deputada pontuou que não fará julgamentos sobre as causas do presidente.

“Essa não é minha função. A gente trabalha fazendo a parte legislativa na Câmara Federal. Não faço julgamentos de um nem de outro, não gosto de apontar se está errando ou acertando, é o jeito dele e cada um fala o que for conveniente”, frisou.  


Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir