Cidadeverde.com
Esporte

Vasco tenta manter chance de acesso mesmo sem ainda ter pisado no G-4 da Série B

Imprimir

O Vasco ainda tem chances matemáticas de obter o acesso à Série A do Campeonato Brasileiro, mas, além de precisar obter um aproveitamento quase perfeito nos seis jogos que lhe restam, terá que lidar nesta reta final com um histórico que inspira pouco otimismo.

Foto - Rafael Ribeiro - Vasco

O time cruzmaltino nunca pisou no G-4 desta Série B. O mais próximo disso aconteceu há 15 rodadas, quando o Vasco ficou a um ponto do quarto colocado, o que também ocorreu em outras duas ocasiões, na quinta e décima rodada. Em outras seis oportunidades o time ficou a dois pontos do grupo de acesso.

De resto, a distância sempre foi um tormento aos vascaínos, que chegaram a ficar, por exemplo, a dez pontos da quarta posição, após a 25ª rodada. Agora, chega ao confronto com o Guarani às 19h desta quinta-feira (4), válido pela 33ª rodada, a sete pontos da margem que dá acesso, com 47.

Na última sexta (29), o Vasco teve a oportunidade de ficar a três pontos do G-4, isso se vencesse o CSA em São Januário -porém, perdeu de virada por 3 a 1.

"A nossa missão agora ficou mais difícil e temos que fazer o difícil acontecer. Temos que melhorar o time. Temos seis jogos. Todo jogo o time vai ter chances de vencer, e a gente espera conseguir as vitórias necessárias para o acesso", disse Fernando Diniz após o jogo.

Sincero, o treinador vascaíno ainda admitiu que não há mais espaço para erros na busca pelo acesso à Série A: "O principal é fazer o time voltar a jogar bem, não repetir a atuação que a gente teve, ser mais intenso e não oscilar. A gente não vai ter mais a chance de oscilar no campeonato".

Segundo o departamento de matemática da UFMG, que calcula probabilidades da competição, o Vasco ainda tem 3,5% de chance de subir. O Guarani, em sétimo, uma posição acima do Vasco, e com 49 pontos, tem percentual maior, de 13,3%.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir