Cidadeverde.com
Esporte

David Braz marca aos 50 minutos e Fluminense derrota Sport no Maracanã

Imprimir

Com um gol chorado aos 50 minutos do segundo tempo, marcado pelo zagueiro David Braz, o Fluminense se reabilitou no Campeonato Brasileiro ao vencer por 1 a 0 o Sport, neste sábado à noite, no Maracanã, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto: Lucas Merçon/FFC

O empate sem gols parecia ser o resultado final para a frustração de pouco menos de quatro mil torcedores. A torcida já tinha perdido a paciência e gritava "time sem vergonha" nas arquibancadas. Mas, nos acréscimos, saiu o gol salvador.

Marlon cruzou do lado esquerdo e David Braz saltou entre dois marcadores para desviar de cabeça. A bola tocou na trave esquerda e entrou aos 50 minutos.

A torcida explodiu nas arquibancadas e passou a cantar feliz da vida: "Para pra ver que começou o show do meu tricolor".

Vindo de derrotas para Ceará e Santos, o time carioca também desencantou no ataque, porque não balançava as redes há três jogos. 

Com 42 pontos, vai terminar a rodada em oitavo lugar. Dono do pior ataque, com apenas 17 gols, o Sport continua na 17 ª posição, com 30 pontos e ameaçado pelo rebaixamento.

O Fluminense foi melhor no primeiro tempo, com mais volume e mais finalizações. Chutou nove vezes, contra apenas três do Sport, bastante recuado e tímido nos contra-ataque. 

Apesar do domínio em campo, o time carioca não conseguia as infiltrações e não criava chances para finalizar dentro da área, em melhores condições de gol.

Até o experiente Fred tentou vir buscar o jogo no meio-campo, na tentativa de abrir espaços para furar o bloqueio defensivo pernambucano.

Aos 16, Fred até balançou as redes, após receber um passe recuado de Samuel Xavier. Mas o lateral estava impedido quando recebeu o lançamento. 

O VAR foi acionado e anulou o gol. A outra boa chance saiu somente aos 38, quando Fred rolou para Jhon Kennedy, mas ele errou e isolou a bola por cima do travessão.

No intervalo, o técnico Marcão optou pela entrada de Cazares no lugar de Jhon Arias. Mas o Sport se comportou bem em campo, ocupando bem os espaços e não dando chances para o Fluminense.

Além disso, passou a se arriscar no ataque. Ameaçou num chute de Sander, mesmo sem ângulo, e que Marcos Felipe espalmou para escanteio aos 13 minutos.

A melhor chance do jogo aconteceu aos 27, quando Cazares foi lançado pelo lado direito e levantou para o outro lado.

Luiz Henrique, de frente, bateu de primeira. A bola saiu em diagonal, passou pelo goleiro Mailson e tocou na trave esquerda. Ela ainda passou por trás do goleiro e saiu do lado esquerdo.

Cazares ainda armou jogadas para finalizações de Lucca, de cabeça, e de Caio Paulista, para fora. Passados os lances de perigo, um susto. José Welison, volante do Sport, subiu na dividida com Lucca e ao cair bate a cabeça no chão. 

Ficou desacordado por alguns instantes e deixou o campo de ambulância, ainda com dificuldades de respirar. Foi encaminhado para um hospital para exames detalhados.

Após os 45 minutos, a torcida passou a vaiar. Mas nos acréscimos, saiu o gol da vitória.

Na 31.ª rodada, o Fluminense vai enfrentar o Grêmio, terça-feira, às 21h30, em Porto Alegre (RS). O Sport jogará na quarta-feira em casa diante do América-MG.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir