Cidadeverde.com
Esporte

Meia do PSG é detida suspeita de envolvimento em agressão de colega de time

Imprimir

Aminata Diallo, meia do time feminino do PSG e da seleção francesa, foi presa, nesta quarta-feira (10), pela polícia francesa. A informação foi publicada inicialmente pelo jornal L'Équipe.

Segundo a publicação, a atleta foi detida enquanto a polícia investiga se ela teve participação em uma agressão a Kheira Hamraoui, também meia do PSG.

Ainda de acordo com o L'Équipe, Hamraoui foi vítima de uma emboscada na noite da última quinta-feira (4). Na ocasião, Hamraoui foi para uma jantar organizado pelo PSG em um restaurante e voltava com duas companheiras de time.

"Por volta das 22h30 (horário local), perto da casa dela, ela estava no carro guiado por Aminata Diallo quando viu dois desconhecidos com o rosto coberto", disse uma fonte do jornal.

Segundo o L'Équipe, um dos homens teria tirado Hamraoui à força do carro e a agredido nas pernas com uma barra de metal. Minutos depois, os dois desconhecidos fugiram. Na sequência, Hamraoui foi levada para um hospital, onde levou pontos nas pernas e nas mãos.

Por conta do ataque, ela desfalcou o PSG na vitória contra o Real Madrid, ontem, pela Champions League feminina. Diallo foi titular na partida. Recentemente, Hamraoui acabou cortada da seleção francesa por lesão, e Diallo foi chamada para a vaga.

Em nota, o PSG confirmou que Diallo foi detida. "O Paris Saint-Germain está trabalhando com a Polícia de Versalhes para esclarecer os fatos. O clube está prestando muita atenção ao andamento dos procedimentos e estudará as medidas a serem tomadas", diz o comunicado.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Imprimir