Cidadeverde.com
Entretenimento

Juliano, dupla de Henrique, fala pela primeira vez sobre Marília Mendonça

Imprimir

Marcelo Sa Barreto / AgNews

O cantor sertanejo Juliano, 30, da dupla com Henrique, 32, falou pela primeira vez nesta quinta (11) desde a morte da cantora Marília Mendonça em um acidente aéreo, que ocorreu na última sexta-feira (5). Em seu Instagram, ele compartilhou fotos ao lado da artista e das outras vítimas do acidente.

"Em vida, cuidemos! Em vida, façamos! Em vida, conversemos! Em vida, nos encontramos. Lindo texto maninho, revela tudo que fomos e seremos. E até que a próxima cortina se abra", escreveu o artista na legenda, fazendo referência ao texto publicado por seu irmão.

Também nesta semana, Henrique escreveu uma extensa mensagem para homenagear as vítimas do acidente, dividida em duas publicações feitas no perfil oficial da dupla no Instagram. "Conhecemos uma pessoa tão, mas tão grandiosa em si e em suas qualidades que mesmo que não quiséssemos, seríamos atraídos como ímã para perto dela", disse em um trecho.

"Marília, por mais que vocês conhecessem a força e a coragem, mostrou para nós todas as faces da personalidade de alguém! De pronto! Nós retribuímos do mesmo jeito e algo grandioso se fez. Nossa relação só nós para explicar", continuou.

Henrique e Juliano eram considerados padrinhos da Rainha da Sofrência, e eram amigos e parceiros musicais de Marília Mendonça há anos. A artista compôs músicas de sucesso da dupla como "Cuida Bem Dela", além disso, eles já haviam gravado diversas faixas juntos como "Flor e o Beija-Flor" e "Impasse".

Conhecida como rainha da sofrência e uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, Marilia Mendonça foi uma das cinco vítimas de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A artista tinha um show marcado para a data em Caratinga, a cerca de dez quilômetros do local do acidente.

A queda ocorreu por volta das 15h. A princípio, não se sabia se era a cantora quem estava a bordo da aeronave. Foi a semelhança do bimotor visto num vídeo que ela tinha compartilhado no Instagram duas horas antes que despertou a dúvida. Em tom cômico, a publicação mostrava Mendonça embarcando e se alimentando.

Além de Marília, Henrique Ribeiro, seu produtor, e Abicieli Silveira Dias Filho, seu tio e assessor, também morreram no acidente aéreo, assim como o piloto Geraldo Martins de Medeiros e o copiloto Tarcísio Pessoa Viana.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir