Cidadeverde.com
Geral

Feriadão prolongado deixou um morto e 21 feridos em rodovias no Piauí

Imprimir

Foto: divulgação PRF-PI

O feriado prolongado da Proclamação da República deixou um morto e 21 feridos nas rodovias federais que cortam o Piauí. Os dados foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) que contabilizou 15 acidentes no mesmo período, de 12 a 15 novembro. 

Os dados referentes à fiscalização demonstram que houve um aumento da presença policial, porém a maioria dos acidentes tiveram como causa principal a conduta inadequada de parte dos condutores. As rodovias em que ocorreram os acidentes foram as BR-343 com cinco acidentes, BR-316 com quatro acidentes, BR-135 com dois acidentes, BR-230 com dois acidentes, BR- 402 com um acidente e BR-407 com um acidente.

O acidente fatal aconteceu na rodovia BR-343 nos municípios de Luís Correia.

De acordo com a PRF, as causas principais dos acidentes apontam para reação tardia/ineficiente do condutor, manobras de mudança de faixa, transitar na contramão e velocidade incompatível.

Na divulgação do balanço da operação, a PRF fez um comparativo com o ano de 2019,  data da última operação Proclamação da República. Em relação a dois anos anteriores houve redução nas ocorrências. 

Em 2021 foram registrados 15 acidentes, enquanto que em 2019 foram 23, redução de 35%. Em relação ao número de mortos a redução foi de 86%. Em 2021 foi registrada 01 morte, enquanto que em 2019 foram registradas 07 mortes. Quanto ao número de feridos, em 2021 foram 21, enquanto que em 2019 foram 26, uma redução de 19%.

Esforços de Fiscalização

A maior presença ostensiva da PRF nas rodovias deste ano também refletiram maior número de abordados. Um total de 1.872 veículos foram fiscalizados pelos policiais nos quatro dias de operação e 2.319 pessoas foram fiscalizadas. Foram lavrados 1.247 autos de infrações por diversas infrações.

Infrações de Trânsito

Foram lavrados 192 autos de infração em condutores de motocicletas por não uso do capacete de segurança e 104 por ultrapassagem em local proibido. Com relação à fiscalização de alcoolemia, foram realizados 152 Testes de alcoolemia e lavrados 19 autos de infração, resultando em cinco pessoas presas por este motivo. 
"As principais infrações de trânsito flagradas pelos policiais ainda são as que tem maior gravidade e podem resultar em acidentes graves", destacou a PRF. 

A quantidade de pessoas presas por dirigir sob o efeito de álcool sofreu um aumento com relação ao ano de 2019, quando três pessoas foram presas por esse motivo.

Combate ao crime

A PRF também esteve presente em relação às ações de repressão ao crime. Foram 20 pessoas presas por diversos crimes, sendo cinco por dirigir sob o efeito de Áácool, uma por crime ambiental, um por uso de documento falso e quatro por outros crimes de trânsito.

Durante esse período foram realizados 4.418 horas ininterruptas de trabalho operacional com o empenho de 342 policiais em escala de revezamento.

A Operação Proclamação da República 2021 da Polícia Rodoviária Federal aconteceu, em todo o país, entre os dias 12 de novembro e 15 de novembro.


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir