Cidadeverde.com
Últimas

Advogado Celso Barros é reeleito presidente da OAB no Piauí

Imprimir

Foto: Ascom/OAB-PI 

O advogado Celso Barros Neto foi reeleito neste domingo (21) como o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seccional Piauí. Ele comandará a Ordem por mais três anos, até 2024. 

A chapa 3 - liderada por Celso Barros - com o nome “Pra Seguir em Frente” - obteve a maior votação com 3.029 votos dos 7.846 votos válidos. A Chapa 1 (Raimundo Júnior) ficou com 2.970 votos e a Chapa 2 (Carlos Henrique) com 1.847 votos. 127 pessoas votaram nulo e 98 pessoas votaram em branco. 

Eleições 

Cerca de 10 mil advogados estavam aptos a votar, a maior parte em Teresina, mas também tinha colégios eleitorais em 15 municípios onde a Ordem possui subseção. A votação teve início às 9h e encerrou às 18h. 

Além do presidente, a classe elegeu representantes da Diretoria do Conselho Seccional, de Conselheiros Seccionais, de Conselheiros Federais, da Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados, das Diretorias das Subseções e Conselhos de Subseções para o próximo triênio 2022/2024.

O voto era obrigatório para todos os inscritos na OAB-PI e ausência pode ser justificada até 30 dias a partir do dia da eleição por meio deste link. As urnas eletrônicas foram instaladas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI).

Formação Profissional de Celso Barros Neto

O Celso Barros Coelho Neto é bacharel em Direito pela UFPI e advogado privado militante nas áreas de Direito Civil, Consumidor e Administrativo. É também advogado público do Estado do Piauí, tendo atuado na Procuradoria de Justiça e atualmente está lotado na Procuradoria Tributária.

É pós-graduado em Direito Constitucional pela UFPI e em Direito Público e Privado pela Escola Superior da Magistratura - PI, assim como também é pós-graduado em Direito Administrativo pela Universidade de Salamanca na Espanha. Tem ainda outros cursos de extensão em Direito pela Universidade Nacional de Buenos Aires na Argentina.

Tem vasta experiência em gestão classista, pois colaborou na ANAPE, sendo membro do Conselho Fiscal (2008/2010), Vice-Presidente do Conselho Consultivo (2010/2012) e Secretário Geral adjunto (2012/2014). 
Na Secretaria de Estado de Governo do Piauí foi Chefe de Gabinete e Assessor Técnico e já foi Assessor Jurídico do Gabinete da Assembleia Legislativa do Estado do Piauí.

No Magistério, foi professor de Direito Empresarial e de Direito Processual Civil, em faculdades particulares e na UFPI e também já foi professor da Escola Nacional de Seguros no Distrito Federal.

 

Da Redação
[email protected]

 

Imprimir