Cidadeverde.com
Últimas

Strans interdita novo trecho da Av. Centenário nesta quinta (25)

Imprimir

Foto: Ascom/Águas de Teresina 

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) interdita nesta quinta-feira (25), mais um trecho da avenida Centenário, entre a rua Batalha e Avenida União, zona norte de Teresina. Dessa vez, a nova interdição acontece no sentido contrário da avenida Centenário. 

As interdições no local são decorrentes das obras de esgotamento sanitário que estão sendo realizadas pela Concessionária Águas de Teresina. A previsão é que o trecho fique interditado até o dia 3 de dezembro. 

A Strans informou ainda que o local será sinalizado e a que a Superintendência dará o suporte e ordenamento do trânsito no trecho para garantir a segurança da população.

Orientações de percurso

Neste período de interdição, o motorista que irá transitar no sentido Centro-Norte da avenida Centenário deverá fazer a conversão à direita na rua Batalha, e uma nova conversão à esquerda na rua Primeiro de Maio, seguirá até a avenida União, onde poderá realizar uma conversão à esquerda e seguir até a avenida Centenário ou seguir pela rua Primeiro de Maio. O motorista que irá transitar no sentido Norte-Centro seguirá o fluxo normal.

Durante todo o cronograma de obras, a concessionária vem executando um planejamento que visa causar o menor impacto possível na mobilidade urbana da região.

“O bairro Aeroporto é um dos contemplados por esta fase de obras aqui na região do Lagoas do Norte e a compreensão da população é importante, pois trabalhamos com o objetivo de proporcionar melhores condições sanitárias aos moradores dessa região. Então, na medida em que o trabalho avança, há a necessidade dessas intervenções para que possamos implantar as redes de esgoto. Para além do transtorno momentâneo, os benefícios de uma cidade saneada são duradouros”, detalha Cassiano Costa, gerente de Engenharia da Águas de Teresina.

As intervenções no trânsito seguirão pelas próximas semanas, uma vez que os segmentos serão sucessivos até que as obras avancem nas proximidades da praça do Itaperu.

 

 
Da Redação
[email protected] 

 

Imprimir