Cidadeverde.com
Geral

Movimento no centro comercial de Teresina está abaixo do esperado, afirma Sindilojas

Imprimir

Faltando poucos dias para o natal, o movimento de pessoas no centro comercial e dos bairros da capital piauiense ainda está abaixo do esperado para o período, é o que afirma o Sindicato dos Lojistas do Comércio de Teresina (Sindilojas). "[...] esperávamos ter muita gente na rua e infelizmente não tivemos uma boa movimentação, nem no centro nem nos bairros também”, afirmou Tertulino Passos, presidente da entidade.

A situação é um pouco melhor nos shoppings centers da cidade, que registram um maior volume de vendas e circulação de clientes que as lojas do centro. Tertulino explica que este cenário é comum, dada as condições, conforto e atrativos disponibilizados por estes estabelecimentos.

“Os shoppings sempre tem uma movimentação maior, porque lá tem um pouco mais de conforto que no centro da cidade, mas com o lançamento da campanha de segurança no centro feito pela Polícia Militar, acreditamos que a população possa vir com mais segurança pra cá e tenha mais confiança em realizar suas compras”, pontuou o empresário.

Apesar disso, o Sindilojas prevê que as vendas no centro da capital podem melhorar ao longo desta semana. Isso porque além do último dia para o pagamento da segunda parcela do 13° salário, que deve acontecer nesta segunda-feira (20), os comerciantes estimam que antecipação do salário dos servidores públicos estaduais e da Prefeitura de Teresina darão um ânimo a economia local. 

“Isso nos dá uma expectativa bastante positiva para que essas pessoas possam vir fazer suas compras no comércio. Esperamos que esses recursos realmente venham a manter as compras na nossa capital. É uma expectativa positiva, apesar de termos tido um final de semana onde esperávamos ter muita gente na rua e infelizmente não tivemos uma boa movimentação, nem no centro nem nos bairros também”, afirmou Tertulino Passos, presidente do Sindilojas.

Breno Moreno com informações do Jornal do Piauí
[email protected]

Imprimir