Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo não marca encontro com Benfica e observa crise antes de entrar em cena

Imprimir

Em busca de um técnico português, o Flamengo jamais escondeu o carinho especial por Jorge Jesus e acompanha atentamente o desenrolar da crise no Benfica.

Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

Após a derrota dos benfiquistas por 3 a 0 para o Porto, os rubro-negros observam atentamente os passos e entendem que não devem entrar em cena até que haja algum movimento concreto no Estádio da Luz.

Em sua edição desta sexta-feira (24), o jornal A Bola afirmou que Rui Costa, presidente encarnado, terá uma reunião para debater a continuidade do Mister no cargo. Após já ter encontrado o português, o Fla optou por ficar na moita e aguardar.

Como uma eventual dispensa envolve pagamento de multa, o Benfica tem um problema em mãos para resolver. Com seu técnico cada vez mais desgastado com os torcedores, o clube tem de fazer uma opção que pode resultar em perda financeira e interrupção abrupta do trabalho.

Caso a decisão seja pela ruptura, o Flamengo vê o caminho livre para o regresso. Por isso, a estratégia é manter os olhos abertos na novela da vez no Estádio da Luz antes de entrar em cena novamente.

Em nota emitida antes do clássico, os lisboetas afirmaram que "Jorge Jesus tem contrato com o Sport Lisboa e Benfica e está focado nos objetivos desportivos do Clube, sendo manifestamente falso e descabido que tenha demonstrado qualquer vontade de regressar ao Brasil nesta altura". A realidade, no entanto, é outra.

No dia 30, os rivais voltam a se encontrar em jogo válido pelo Campeonato Português. A quatro pontos do Dragão, as Águias verão a taça praticamente escorrer pelos dedos em caso de mais um revés.

Diante do cenário, o Benfica calcula os riscos e debate o futuro. O Flamengo, por sua vez, aguarda o momento oportuno para agir.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Imprimir