Cidadeverde.com
Últimas

Em Teresina, 11 UBSs vão fazer vacinação de criança; agendamento será às 18h

Imprimir

Foto: Ascom/PMT

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque, informou nesta segunda-feira (17) que vai destinar 11 UBSs para aplicar as doses pediátricas nas crianças de 5 a 11 anos em Teresina. O agendamento (pelo Vacina Já) foi aberto às 18h para os pais cadastrarem os filhos para iniciar a vacinação nesta terça-feira (18). A prioridade será para crianças com comorbidades. 

Gilberto ressaltou que a vacina em Teresina não iniciou porque o imunizante da Pfizer, destinada para as crianças, tem um prazo para ser descongelada. “O prazo é de 48 horas para se tornar adequada, o que completaria hoje à tarde, mas não dar para fazer vacina a tarde”.

Segundo Gilberto, o número de vacinas que chegou no primeiro lote é insuficiente. 

“Recebemos somente 4 mil doses, o que é insuficiente, já que temos 90 mil crianças para vacinar na capital. Esperávamos abrir 30 UBSs para fazer a vacinação, mas só vamos abrir 11 UBSs. É uma questão de logística”. 

Gilberto ressaltou que hoje vai abrir agendamento para imunizar as crianças com comorbidades e doenças crônicas. 

Para as crianças com comorbidades ou deficiência permanente, é preciso apresentar laudo médico que comprove a condição clínica da criança, de acordo com a lista de comorbidades indicadas como prioridade.

“Para as crianças que tem comorbidades, ela tem o atestado médico então a família leva o comprovante da patologia, leva o CPF da criança ou cartão do SUS, e a criança sendo acompanhada por adulto responsável ou pelos pais”. 

Após tomar a vacina, a criança permanece no local da vacinação por pelo menos 20 minutos após a aplicação, facilitando que sejam observadas durante esse breve período. 

Frasco laranja

A vacinação das crianças nessa faixa etária será iniciada após treinamento das equipes de saúde que farão a aplicação da vacina, uma vez que a grande maioria dos eventos adversos pós-vacinação é decorrente da administração do produto errado à faixa etária, da dose inadequada e da preparação errônea do produto. Os profissionais de saúde, antes de aplicar a vacina, devem mostrar ao responsável que acompanha a criança que se trata da vacina contra a Covid-19, frasco na cor laranja, cuja dose de 0,2ml, contendo 10 mcg da vacina contra a Covid-19, Comirnaty (Pfizer/Wyeth), específica para crianças entre 5 a 11 anos.

As crianças que completarem 12 anos entre a primeira e a segunda dose devem permanecer com a dose pediátrica da vacina.

Ordem regressiva

A imunização das crianças com idade entre 11 a 15 anos por ordem regressiva – 11, 10, 9, 8, 7, 6 e 5. As crianças com deficiência permanente ou com comorbidades (comprovação mediante relatório médico ou cadastro/avaliação do serviço de saúde), todas as crianças indígenas e quilombolas da faixa etária de 5 a 11 anos, todas as crianças institucionalizadas e em situação de rua (faixa etária de 5 a 11 anos) e todas as crianças em abrigos devido a situação das enchentes.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir