Cidadeverde.com
Esporte

Fagner, do Corinthians, é denunciado e pode pegar gancho de até 12 jogos

Imprimir

O corintiano Fagner foi denunciado pela procuradoria do STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) no artigo 254-A do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva) pelo cartão vermelho recebido na partida diante do Juventude, no dia 9 de dezembro do ano passado.

Fagner pode pegar uma suspensão de até 12 jogos- Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

O julgamento acontece na próxima segunda (24) e, caso considerado culpado, o camisa 23 pode pegar um gancho de quatro a 12 jogos.

Naquela ocasião, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, Fagner foi expulso nos minutos finais da partida por ter acertado o atacante Capixaba, do Juventude.

Na súmula, o árbitro Rodolpho Toski Marques relatou o ocorrido e ainda informou que o corintiano se recusou a deixar o gramado do Alfredo Jaconi após receber o cartão vermelho.

"Expulsei com cartão vermelho direto o senhor Fagner aos 45 minutos do segundo tempo, por após a marcação de uma falta contra sua equipe, o mesmo chutar a barriga (abdômen) de seu adversário com o uso de força excessiva, quando o jogo já havia sido paralisado. 

Informo ainda que o jogador expulso resistiu em deixar o campo de jogo, tendo que ser contido e retirado pelo quarto árbitro da partida. Relato que o jogador atingido continuou normalmente na partida".

Com base nas imagens da partida e também no relato do árbitro, o lateral do Corinthians foi denunciado no artigo 254-A do CBJD, que prevê a suspensão de quatro a 12 jogos por 'praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente'.

Na hipótese do defensor do Timão ser julgado culpado, a suspensão valerá apenas para os jogos organizados pela CBF (Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro).

Na mesma partida, a procuradoria do Tribunal também denunciou o Corinthians no artigo 213 do CBJD por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir".

Em Caxias do Sul, os torcedores do Timão acenderam sinalizadores na arquibancada também nos minutos finais do confronto, vencido pelo Juventude, por 1 a 0.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir