Cidadeverde.com
Vida Saudável

Saiba como tratar queimaduras graves causadas por frutas cítricas

Imprimir

Foto: Freepik





As clássicas queimaduras ou manchas relacionadas ao suco de frutas cítricas que ficam sobre a pele durante a exposição ao sol é uma realidade para quem curte o verão. Além do limão, o abacaxi, o kiwi, a laranja, a tangerina e o caju são exemplos de frutas que podem causar manchas difíceis de retirar e até queimaduras dolorosas e graves.

"O primeiro cuidado é lavar muito bem as mãos e braços depois de cozinhar, preparar um suco ou um drink com qualquer uma destas frutas. O mesmo vale para a pele do rosto, especialmente no caso de bebidas que entram em contato com a região dos lábios”, afirma a enfermeira Cynthia Veiga.

Outro cuidado essencial é o uso do filtro solar sempre que o corpo estiver em contato com a água ou líquidos que levam suco das frutas, o que diminui muito a probabilidade de queimaduras ou manchas pois o bloqueador cria uma camada sobre a pele.

Nos casos em que a queimadura já aconteceu, a dica é não colocar sobre a pele nenhuma solução caseira como manteiga ou pasta de dente. "O correto é lavar a área afetada com água corrente e procurar um médico quando a queimadura é mais grave, como as de segundo grau. Soluções caseiras dificultam a avaliação médica, podem agravar o estado da lesão e trazer consequências até irreversíveis", diz.

A especialista recomenda o uso de produtos regeneradores da pele e aprovados pela Anvisa para diminuir os efeitos das queimaduras. "Existem excelentes opções de produtos no mercado como um curativo especial capaz de substituir temporariamente a pele e que não precisa ser trocado todos os dias. Ele acelera o processo de cicatrização e é fácil de encontrar com preço justo”, finaliza.


Veja mais novidades no instagram @vidasaudavelnacv .



Da Redação
[email protected]

Imprimir