Cidadeverde.com
Geral

Pintor é morto e corpo é jogado em área de mata no interior do Piauí

Imprimir

Foto: arquivo Cidadeverde.com

O corpo do pintor identificado como Afonso César de Sousa Feitosa foi encontrado em uma área de mata entre as cidades de Barro Duro e Passagem Franca, no interior do Piauí. O caso é investigado pela Polícia Civil do Piauí que já constatou que ele sofreu um trauma cranioencefálico. Sobre a motivação do crime, o delegado  Breno Sales Campos Holanda, responsável pela investigação, conta que um machado foi encontrado na casa da vítima, mas ainda não é possível relacioná-lo ao crime. 

"A autoria ainda está sendo apurada e vamos começar as oitivas. Até o momento, ouvimos a pessoa que encontrou o corpo e orientamos que a família fizesse o reconhecimento no IML, uma vez que ele já estava em avançado estado de decomposição. Ainda é precoce apontar um suspeito", explica o delegado Breno Sales. 

Familiares do pintor acreditam que o crime tenha ocorrido há cerca de uma semana e teria envolvimento de um parente que morava com a vítima. O corpo foi localizado na última terça-feira (18), mas o reconhecimento só ocorreu agora por meio de digitais no Instituto Médico Legal (IML) de Teresina. 

"Demoramos pra saber que ele estava desaparecido porque ele costumava viajar e passava alguns dias sem falar com a gente. Só que desta vez demorou e ele não respondia ao WhatsApp. Encontraram esse corpo na semana passada, mas não tínhamos ideia de que se tratava dele. Infelizmente fomos ao IML e comprovamos que era meu tio", conta Brenda Alves, sobrinha da vítima. 

Ao Cidadeverde.com, ela pediu que o suspeito seja preso e o crime não fique impune. "A cidade toda tá parada, pois meu tio era uma pessoa muito querida. Esse crime não pode ficar impune. A gente quer Justiça", disse a sobrinha da vítima. 

Sobre a versão apresentada pela família, o delegado ressalta que a investigação ainda  está no início e todas as hipóteses estão sendo apuradas. 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir