Cidadeverde.com
Esporte

Garotos do Flamengo derrotam Portuguesa e vencem a primeira partida no Carioca

Imprimir

Com um time formado por jovens, o Flamengo estreou com vitória no Campeonato Carioca, nesta quarta-feira à noite, na Ilha do Governador, ao derrotar a Portuguesa por 2 a 1. O técnico Paulo Sousa e toda a sua comissão técnica esteve presente no Estádio Luso Brasileiro e acompanhou o desempenho da jovem equipe das tribunas.

Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

O início da partida deu a impressão de que o jovem time do Flamengo iria atropelar a Portuguesa. Com uma forte marcação na saída de bola e velocidade no ataque, a equipe da Gávea abriu o placar logo aos quatro minutos, com Lázaro, em cobrança de pênalti.

Com a vantagem no placar, o Flamengo recuou e passou a apostar nos contra-ataques. Em um primeiro momento, a Portuguesa mostrou problemas para buscar o setor ofensivo, pois concentrou suas jogadas pelo meio. A partir do momento em que distribuiu as bolas pelos lados do campo, equilibrou a disputa.

O jogo ganhou em emoção e as equipes se revezaram na criação das jogadas de ataque. Cada lado teve três finalizações nos primeiros 45 minutos. A Portuguesa só não empatou o jogo por causa da boa atuação do goleiro Matheus Cunha, autor de uma bela defesa com o pé direito. O Flamengo também poderia ter ampliado, com Lázaro, em jogada de habilidade dentro da área.

Mas Lázaro voltou a marcar no início da segunda etapa. O garoto mostrou mais uma vez talento para pegar um rebote do goleiro Carlão para fazer 2 a 0 para o Flamengo, aos nove minutos.

Apesar da desvantagem no placar, a Portuguesa não se entregou e mostrou reação, ao diminuir o a vantagem rubro-negra, aos 15 minutos, com uma bela cabeçada do lateral-esquerdo Sanchez.

Apesar de uma equipe repleta de jovens, o Flamengo aparentou sentir um pouco a parte física, o que causou uma disputa mais equilibrada na parte final do segundo tempo. Com isso, Fábio Matias, que comandou o Flamengo, fez alterações e conseguiu dar novo fôlego ao time.

Thiaguinho, aos 34, forçou Carlão a fazer bela defesa e evitar o terceiro gol do Flamengo. A Portuguesa pressionou no fim em busca do empate, mas parou na boa atuação de Matheus Cunha, que mostrou coragem para sair nas bolas alçadas na área.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir