Cidadeverde.com
Geral

Entregador é morto a tiros durante assalto na zona Sudeste de Teresina

Imprimir
  • renascença_2_(8).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(7).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(6).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(5).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(4).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(3).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(2).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • renascença_2_(1).jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com
  • foto_crime_2.jpg Renato Andrade/Cidadeverde.com

Um jovem de 21 anos foi morto a tiros no início da manhã desta quinta-feira (27). Segundo informações de policiais, Jonas Machado dos Santos, foi assassinado ao reagir a um assalto no bairro Renascença II, zona Sudeste de Teresina. A vítima é sobrinho do atacante Fabinho, jogador do River Atlético Clube. 

A mãe do jovem, Eliane Alves Machado, informou que o filho seguia para o trabalho de bicicleta, quando foi surpreendido pelos suspeitos. Jonas Machado trabalhava como entregador há três anos em um mercado próximo ao local do crime. Ele deixa a esposa e uma filha de 10 meses. 

“Ele ia para o serviço e os caras foram assaltar ele, deram quatro tiros no meu filho, uma maldade. Ele era entregador há três anos no mercado aqui próximo”, relatou a mãe da vítima.

O 8º Batalhão da Polícia Militar informou que os suspeitos chegaram em uma motocicleta e que informações preliminares apontam para um latrocínio, porém o celular do jovem se encontrava com ele. 

“Segundo os populares foram dois elementos em uma moto, não souberam informar a cor da moto, que tentaram assaltar, ou seja, segundo as informações preliminares, um latrocínio, mas observei que o celular da vítima está no bolso dela”, explicou o subtenente Quixaba, do 8º BPM.

Foto: Renato Andrade/Cidadeverde.com 

Ainda de acordo com a PM, câmeras de segurança de um estabelecimento nas proximidades flagraram a ação. Os suspeitos fugiram após o crime. 

“O fato aconteceu às 6h30, temos a informação de uma câmera de segurança e estamos esperando a proprietária chegar para colher as imagens”, acrescentou o subtenente. 

Equipes do 8º BPM isolaram a área e a Polícia Civil realizou perícia no local. 

Segundo o delegado Robert Lavor, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP),  ainda não é possível confirmar se o crime teria sido um latrocínio.

“Ainda não dá para responder isso no momento. O que a gente pode saber é que é uma vítima sem atencedentes criminais morto por disparos de arma de fogo, no mínimo dois tiros na região abdominal e no braço”, informou o delegado. 

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ficará responsável pelas investigações do crime. O corpo da vítima foi removido pelo Instituto de Medicina Legal (IML). 

“A partir de agora vamos ouvir testemunhas, tentantando encontrar imagens para gente entender se foi um homicídio ou de um roubo seguido de morte”, finalizou o delegado.

Jonas Machado dos Santos era sobrinho do atacante Fabinho, jogador do River Atlético Clube. Por meio das redes sociais, o clube emitiu uma nota de pesar e lamentou a morte. 

 

 

 

Flash Rebeca Lima 
[email protected] 

Imprimir