Cidadeverde.com
Geral

Bando armado rende segurança e faz arrastão em bar no Centro de Teresina

Imprimir

Foto: Google Maps

Um bando formado por pelo menos cinco suspeitos realizou um arrastão na noite deste domingo (30) em um bar localizado na região Centro Sul de Teresina. Segundo a Polícia, o grupo rendeu o segurança do local para conseguir efetuar o roubo. 

De acordo com a PM, o segurança relatou que três pessoas entraram no estabelecimento com atitudes suspeitas e,  dentro do local, se encontraram com outros dois suspeitos. 

No interior do estabelecimento, o grupo anunciou o assalto utilizando arma de fogo. 

Clientes que estavam no estabelecimento tiveram celulares, carteiras e objetos pessoais roubados durante a ação. Entre as vítimas está também o segurança do local, que teve seu aparelho celular roubado. 

O Cidadeverde.com teve acesso a um áudio com o relato de um dos clientes que estava no bar no momento da ação criminosa. 

"Chegaram uns caras armados. Renderam todo mundo. Todos foram para o chão. Eu estava no banheiro na hora e fiquei gelado. Durou menos de 10 minutos a ação. Foi um susto muito grande", contou o cliente. 

O grupo fugiu do local em um veículo modelo Fiat Pálio de cor preta, de acordo com relato do segurança ao policiais da Força Tática do 1º BPM que atenderam a ocorrência. 

O Cidadeverde.com tentou contato com os proprietários do estabelecimento, mas até a publicação desta matéria não conseguiu um retorno. O espaço fica aberto para esclarecimentos. 

Relato de uma vítima

Lucas Abá foi uma das vítimas do bando. O jovem estava na Casa Barro no momento do arrastão e relatou ao Cidadeverde.com como tudo aconteceu. 

"Eles chegaram em um carro e renderam o segurança, que foi agredido com duas coronhadas. O segurança ainda tentou fechar o portão, mas o cadeado estava fechado e ele não conseguiu abrir a tempo para fechar a entrada da Casa Barro", destacou Lucas Abá. 

Ao renderem o segurança, o bando roubou o dinheiro e o celular dele e seguiram para o interior do espaço cultural. 

"Era tarde da noite, por volta de meia-noite. Eles entraram apontando a arma e pedindo para todos deitarem no chão. Então, eles começaram a revistar todos que estavam lá. Cerca de 60 pessoas ainda estavam presentes até aquele momento", relembrou o jovem. 

Lucas Abá teve o celular, carteira e a chave do carro levados pelos assaltantes. "Eles só não conseguiram achar o meu carro do lado de fora. Mas, levaram a chave. Eu e outro rapaz lá precisamos voltar para casa de outra forma já que estávamos sem nossas chaves", afirmou Lucas. 

O jovem destacou também que o bando não entrou encapuzado e que os criminosos estavam sem máscara. 

 

Nataniel Lima
[email protected]  

Imprimir