Cidadeverde.com
Entretenimento

Jessilane é aprovada em concurso, mas perde prazo por escapar de paredão

Imprimir

Reprodução/TV Globo


Jessilane Alves de Souza, uma das participantes do grupo Pipoca no BBB 22, foi aprovada em 1º lugar no concurso público para professora substituta na Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal (SEE-DF). A homologação foi divulgada no Diário Oficial do DF e no site da banca organizadora, a Quadrix, na segunda, 31.

Em caso de eliminação, Jessilane estaria no prazo de entrega de documentos para o cargo, que seria até a manhã de quarta-feira, 2.

O contrato seria para trabalhar na Coordenação Regional de Ensino do Gama, região do Distrito Federal, no turno diurno, e o salário iria variar de R$ 2 mil a R$ 3,8 mil, seguindo a carga horária. Como o cargo é de professora substituta, ela seria chamada conforme a necessidade.

Jessilane é professora de Biologia, tem 26 anos, e mora em Valparaíso, em Goiás. Ela aprendeu a Língua Brasileira de Sinais (Libras) para dar aula a alunos surdos.

No discurso da eliminação, Tadeu Schmidt chegou a interpretar uma parte em Libras para falar com a professora. "Professora, não fica triste. Calma, calma!", ele disse. No final, o apresentador anunciou que quem sairia da casa seria aquele que não pegou os sinais, Rodrigo.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir