Cidadeverde.com
Geral

DHPP investiga se morte de jovem de 19 anos foi forjada na Santa Maria da Codipi

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidadeverde.com

Um jovem de 19 anos, identificado como Raimundo Andrade Pereira, foi encontrado morto, na manhã desta sexta-feira (11), na própria residência na região da Santa Maria da Codipi, na zona Norte de Teresina. A suspeita inicial era que se tratava de um suicídio, mas marcas encontradas no corpo levantaram dúvidas sobre a possibilidade de um homicídio.

O delegado Genival Vilela informou que o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil do Piauí, vai ficar responsável pela investigação.

Raimundo Andrade foi encontrado morto por volta das 7h, quando familiares acharam o corpo dele no chão do quintal da residência, com uma corda no pescoço. 

A perícia criminal foi acionada, e surgiu a hipótese de que não tenha sido um suicídio, mas um homicídio, devido a marcas encontradas no pescoço, semelhantes às de um estrangulamento.

“A suspeita que não tenha sido um suicídio e sim um homicídio, foi levantada pela perícia, que verificou uma lesão no pescoço e entendeu que provavelmente não seja um enforcamento, mas isso vamos ter que verificar junto com o IML e com a investigação. Nesse momento não dá para dizer se foi suicídio ou homicídio”, explicou o delegado.

Genival Vilela informou que o resultado do laudo cadavérico vai ser fundamental para resolver o caso.

“Vamos abrir uma investigação para ao final concluir se foi um homicídio ou suicídio. O cadáver foi removido pelo IML e o laudo cadavérico pode ser, que de cara, possa dizer que foi homicídio. Aí já direcionamentos a investigação, então estamos aguardando ainda o laudo, para se chegar a uma conclusão”, disse o delegado do DHPP.

Bárbara Rodrigues
[email protected]

Imprimir