Cidadeverde.com
Geral

Cadeirantes denunciam falta de transporte eficiente em Teresina

Imprimir

Usuários do Transporte Eficiente, que possibilita a locomoção de cadeirantes em Teresina, denunciam dificuldades para conseguir ter acesso ao serviço. Segundo os usuários, eram 17 veículos atendendo a comunidade, mas, no início da pandemia, o número caiu pela metade. A atual frota não é suficiente para atender os mais de 3 mil usuários cadastrados no serviço.

Os usuários também denunciam que os veículos existentes estão sucateados, o que dificulta ainda mais a vida de quem precisa do Transporte Eficiente.

“O Transporte Eficiente está meio defasado. A demanda está muito alta e não tem transporte suficiente para atender a demanda, a solicitação dos usuários”, relatou Sebastião Filho, que utiliza o serviço diariamente para ir ao trabalho. 

A Superintendência Municipal de Trânsito (Strans) confirmou que a frota está reduzida devido a problemas mecânicos. Segundo a pasta, a quantidade de veículos diária varia entre 9 e 12. 

A Strans informou ainda que trabalha para que a circulação da frota seja retomada na totalidade. 

"Estamos trabalhando para a melhoria desses transportes para que volte a funcionar, normalmente, os 17 veículos”, destacou o gerente do Transporte Eficiente, José do Espírito Santo. 

 

 


Com informações do Notícia da Manhã
[email protected]
 

Imprimir