Cidadeverde.com
Esporte

Copa do Brasil é caminho para São Paulo e Santos em busca de título relevante

Imprimir

A disputa da 34ª edição da Copa do Brasil começa nesta terça-feira (22). Depois do Campeonato Brasileiro, será o principal certame no qual São Paulo e Santos lutarão para voltar a conquistar títulos relevantes.

Ambos vivem momentos semelhantes, passando por crises financeiras que afetam a capacidade de montar equipes competitivas, e não ganham um grande troféu há dez anos ou mais o jejum são-paulino de conquistas importantes vem desde 2012, quando o clube ganhou a Sul-Americana, enquanto o santista remete à Libertadores de 2011, há mais de uma década.

Até o ano passado, o time tricolor chegou a ficar nove temporadas sem ganhar qualquer troféu. Sob o comando de Hernán Crespo, encerrou a seca vencendo o Campeonato Paulista, mas logo percebeu que não seria suficiente para ter um ano tranquilo.

Após acumular fracassos na Libertadores e na própria Copa do Brasil, além de um fraco desempenho no Brasileiro, o argentino foi demitido e substituído por Rogério Ceni.

É justamente sob o comando do ex-goleiro que o clube voltará a disputar o mata-mata nacional a partir de quinta-feira (24), quando estreia na competição diante do Campinense-PB, às 21h30, em Campina Grande–o SporTV transmite.

Nesta fase, os confrontos serão definidos em jogo único, com o time pior colocado no ranking da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) jogando em casa e o visitante tendo a vantagem de avançar com um empate.

Assim como o São Paulo, o Santos também jogará longe de seus domínios em sua estreia no torneio. Nesta quarta-feira (23), encara o Salgueiro-PE, às 19h, em Pernambuco –o jogo será exibido pelo Amazon Prime.

A equipe alvinegra vai iniciar a competição ainda mais pressionada, afinal demitiu recentemente o técnico Fábio Carille e ainda não contratou um substituto. No fim de semana, acabou derrotada em casa no clássico com o São Paulo, por 3 a 0, aumentando a cobrança em cima da diretoria.

Sem ganhar qualquer troféu desde 2016, quando venceu o Paulista, o time da Baixada Santista tem enfrentado dificuldades para encontrar um novo treinador no mercado que esteja disposto a trabalhar sem a perspectiva de formar um elenco forte.

O executivo de futebol e ex-zagueiro Edu Dracena, porém, afirma que há pelo menos três nomes que estão negociando com o clube, sem revelar quais são. "Acredito ser a contratação mais importante para a temporada", definiu.

Além da possibilidade de voltar a conquistar um título relevante, tanto Santos como São Paulo veem a Copa do Brasil como uma oportunidade de dar um respiro financeiro aos seus cofres.

Por disputarem a primeira fase, cada um vai embolsar R$ 1,27 milhão. Quem avançar à segunda fase, levará mais R$ 1,5 milhão. A terceira fase pagará R$ 1,9 milhão, as oitavas de final têm como prêmio R$ 3 milhões, nas quartas são R$ 3,9 milhões, enquanto os semifinalistas embolsam R$ 8 milhões cada. Já o Campeão leva R$ 60 milhões, enquanto o vice fica com R$ 25 milhões.

Os são-paulinos iniciam a disputa da Copa do Brasil em busca de uma inédita conquista. Já o Santos entra na competição sonhando com o bicampeonato depois de ter vencido o torneio pela primeira vez em 2010.

Veja os principais confrontos da primeira fase

Terça (22)
FC Cascavel x Ponte Preta, às 21h30, no estádio Olímpico Regional

Quarta (23)
Sergipe x Cruzeiro, às 21h30, no estádio Batistão
Salgueiro x Santos, às 19h, no estádio Cornélio de Barros

Quarta (24)
Campinense x São Paulo, às 21h30, no estádio Amigão

Terça (1)
Mirassol x Grêmio, às 21h30, no estádio Municipal de Mirassol
Maricá x Guarani, às 16h, no estádio Bacaxá
Moto Club x Chapecoense, às 19h, no Castelão

Quarta (2)
Ferroviária x Vasco, às 21h30, na Fonte Luminosa
São Raimundo x Ceará, às 21h30, no estádio Canarinho

Quinta (3)
Globo x Internacional, às 21h30, no estádio Barretão

Fonte: Folhapress

Imprimir