Cidadeverde.com
Últimas

STJD alega limitações em laudos e Albertão segue sem poder receber torcedores

Imprimir

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

O Supremo Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) bateu martelo e o estádio Albertão seguirá sem poder receber jogos com a presença do torcedor nas arquibancadas. A decisão foi tomada nesta sexta-feira (4) após analise dos laudos enviados pela Federação de Futebol do Piauí (FFP) e Corpo de Bombeiros, que realizou vistoria na última semana e prometeu fazer reparos no estádio visando a partida pela 2ª fase da Copa do Brasil entre Fluminense x Santos-SP, que acontece na próxima terça-feira (8), às 21h30min, no Albertão, porém, com portões fechados. 

O Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Otávio Noronha, deferiu parcialmente nesta sexta, dia 4 de março, o pedido da Federação de Futebol do Estado do Piauí para desinterdição do estádio Albertão. Fechado desde 2020, o estádio está liberado para receber partidas, porém, sem a presença de público.

O Estádio Governador Alberto Silva, mais conhecido como Albertão, foi interditado em 28 de fevereiro de 2020 após liminar solicitada pela Procuradoria da Justiça Desportiva. O pedido foi baseado na súmula e vídeos da partida entre Ríver e América/RN realizada em 9 de fevereiro de 2020 pela Copa do Nordeste . O jogo foi marcado por cenas de violências, fogos, invasão de campo, além da paralisação da partida minutos após o início do segundo tempo.

Foto: STJD

Com base no artigo 174 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, o então presidente do STJD, Paulo César Salomão Filho, deferiu a interdição até que fossem apresentados novos laudos técnicos e adotadas medidas eficientes para que se evite novos tumultos no local.

Pouco mais de dois anos depois, a Federação de Futebol do Piauí juntou os laudos solicitados e ingressou com pedido de urgência para desinterdição do principal estádio do estado do Piauí, destacando a necessidade de liberação mirando os jogos pela Copa do Brasil. 

Remetidos os documentos ao presidente do STJD do Futebol, Otávio Noronha destacou as ressalvas e limitações citadas nos laudos apresentados e, diante disso, deferiu a liberação do Albertão apenas para jogos com portões fechados.

“Diante do acrescido e das ressalvas constantes dos Laudos juntados aos autos, no presente momento, defiro tão somente o levantamento parcial da interdição da Praça Desportiva, para que se possam realizar partidas com portões fechados, ou seja, sem acesso às torcidas de quaisquer equipes.Observem os envolvidos, todas as ressalvas e limitações constantes nos Laudos”, informou o presidente do STJD do Futebol.

Com isso, o jogo entre Fluminense-PI x Santos-SP acontece no Gigante da Redenção, mas sem a presença do torcedor assim como aconteceu o jogo da primeira fase da Copa do Brasil em que o Vaqueiro eliminou o Oeste-SP jogando no Albertão sem público. 

Pâmella Maranhão com informações do STJD
[email protected]

Imprimir