Cidadeverde.com
Esporte

Arrascaeta marca no fim, e Flamengo vence o Vasco em clássico de golaços no Carioca

Imprimir

O Flamengo venceu o Vasco no Clássico dos Milhões por 2 a 1 na tarde de hoje (6), em clássico pela décima rodada do Campeonato Carioca, marcado por dois golaços no Estádio Nílton Santos. Os tentos foram anotados por Filipe Luís, Gabriel Pec e Arrascaeta.

Foto - Gilvan de Sousa - Flamengo

O resultado mantém o Fla em segundo lugar, agora com 23 pontos, e o Gigante da Colina continua em terceiro, com 19. A vice-liderança vale a vantagem do empate nas semifinais.

Na última rodada, no próximo domingo (13), o Flamengo visita o Bangu em Moça Bonita, e o Cruz-maltino recebe o Resende em São Januário. Antes disso, às 21h30 (horário de Brasília) de quarta-feira (9), o time de Zé Ricardo visita a Juazeirense no Adautão, pela segunda fase da Copa do Brasil.

Quem foi bem: Arrascaeta

Principal homem do setor ofensivo do Flamengo no clássico, Giorgian Arrascaeta marcou um golaço aos 44 minutos do segundo tempo e decidiu a partida.

Quem foi mal: Andreas Pereira

Foi de Andreas Pereira a falha que originou o gol de empate do Vasco, em grande jogada de Gabriel Pec. De forma parecida ao fatídico lance da final da Libertadores, em que foi desarmado por Deyverson, o meia perde a bola para Pec, que avançou pela direita e chutou no ângulo para marcar. 

Além disso, nada colaborou na frente e foi substituído cinco minutos depois do lance capital do clássico. Deixou o campo vaiado, somando uma falha, o cartão amarelo e uma bola isolada em boa oportunidade pela entrada da área.

Flamengo ocupa campo vascaíno, mas é pouco incisivo no clássico

O Flamengo passou boa parte do confronto ocupando o campo de ataque e trocando passes, abrindo o placar aos 11 minutos, após cruzamento de Arão, que Filipe Luís completou de cabeça para o fundo do gol.

Entretanto, após o lance, em vantagem no placar e mesmo até depois do empate, o Rubro-Negro teve dificuldades para gerar uma oportunidade clara de gol. 

Neutralizado pela marcação vascaína, o ataque flamenguista muito rondou a área adversária, e poucas vezes assustou. Na segunda etapa, o gol saiu graças à individualidade de Arrascaeta, que de fora da área acertou um chute preciso e marcou um golaço.

Vasco sofre para criar, e consegue empate em jogada individual

Os comandados de Zé Ricardo entraram recuados, com a proposta de superar os rubro-negros no contra-ataque. A estratégia foi rapidamente atrapalhada, após Filipe Luís marcar. Precisando do gol de empate, se evidenciou a falta de criatividade do Vasco, que no primeiro tempo só levou perigo em cabeceio de Zé Gabriel, muito bem defendido por Hugo. 

Na etapa final, porém, o contragolpe em jogada individual e chutaço de Gabriel Pec devolveram o time ao confronto. Com o empate no placar, os vascaínos se fecharam de novo e tentaram segurar o Flamengo, que garantiu a vitória com o gol do meia-atacante uruguaio.

Pedido de "paz" em 15 idiomas nas camisas do Flamengo

Diante do conflito entre Ucrânia e Rússia há mais de uma semana, o Flamengo entrou em campo neste domingo com a palavra "paz" escrita nas camisas de seus jogadores em 15 idiomas. A mensagem ocupou o principal espaço de publicidade no uniforme rubro-negro, abaixo do símbolo do clube e da patrocinadora esportiva.

Transmissão de Casimiro na Twitch recebe críticas

Com as imagens e o áudio travando ao longo de todo o primeiro tempo, a transmissão do clássico na Twitch do streamer Casimiro Miguel recebeu críticas dos espectadores no chat da plataforma. 

Casimiro tentou fazer ajustes técnicos e reiniciar o sinal, e justificou que as imagens eram recebidas do Nílton Santos, mas o problema persistiu. "Qualidade ruim demais", escreveu um internauta. "Show de imagens", ironizou outro. Na etapa final, a imagem até melhorou, mas com a transmissão sem sincronia entre os comentaristas e o narrador Luis Felipe Freitas.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir