Cidadeverde.com
Esporte

Gabriel Magalhães e Raphinha são cortados da seleção; zagueiro Felipe é convocado

Imprimir

A CBF anunciou, na manhã deste domingo, que o zagueiro Gabriel Magalhães, do Arsenal, e o atacante Raphinha, do Leeds, foram retirados da lista de convocados para os jogos contra Chile e Bolívia, pelas duas últimas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo.

Jogador Raphinha em partida pela Seleção Brasileira - Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Com isso, Tite chamou Felipe, do Atlético de Madrid, para repor a vaga na zaga. Já o substituto do atacante ainda não foi definido.

De acordo com o comunicado da CBF, Raphinha precisou ser cortado porque testou positivo para covid-19. Por isso, está seguindo os protocolos de isolamento na Inglaterra, impedido de viajar para o Brasil e participar do período de treinos e jogos que se inicia nos próximos dias.

Gabriel Magalhães, por sua vez, não teve nenhum problema de saúde. O zagueiro de 24 anos, titular do Arsenal, pediu para ser dispensado para estar presente no nascimento de sua primeira filha, previsto para a próxima semana.

Ele conversou com o coordenador técnico da seleção, Juninho Paulista, e com o técnico Tite, que se mostraram compreensivos e liberaram o atleta.

Substituto de Gabriel na lista de convocados, Felipe havia sido convocado pela última vez em junho do ano passado, para a disputa da Copa América. Na ocasião, relacionado apenas na primeira rodada do torneio continental, acabou cortado porque sofreu uma lesão muscular e foi substituído por Léo Ortiz.

Treinado por Tite na época em que atuava no Corinthians, o zagueiro de 32 anos está em sua terceira temporada no Atlético de Madrid. Nos últimos jogos pelo time espanhol, tem ficado no banco de reservas.

O Brasil joga contra o Chile na próxima quinta-feira, a partir das 20h30, no Maracanã. Depois, tem compromisso contra a Bolívia, em La Paz, no dia 29.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir