Cidadeverde.com
Esporte

Leclerc vence GP do Bahrein, e temporada da F1 começa com dobradinha da Ferrari

Imprimir

Foi com ótimo desempenho da Ferrari que começou a temporada 2022 da F1. A escuderia italiana conseguiu uma dobradinha no GP do Bahrein, no domingo (20), com vitória do monegasco Charles Leclerc, seguido pelo espanhol Carlos Sainz. O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, completou o pódio.

Leclerc, que lidera o campeonato pela primeira vez, esteve na primeira posição durante quase toda a corrida. Foi apenas após a primeira parada nos boxes que ele foi ameaçado pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull. Houve uma sequência de ultrapassagens até que o monegasco se estabelecesse definitivamente à frente.

A vantagem cresceu e era bastante segura, mas um acidente do francês Pierre Gasly, da AlphaTauri, fez o "safety car" entrar na pista.

Verstappen, então, pôde se aproximar e viu a ponta ao alcance após a relargada, a sete voltas do final. Leclerc, no entanto, não deu chance à concorrência e manteve a ponta com tranquilidade.

"Eu fiz uma relargada muito boa, isso me deu uma segurança para completar a prova", afirmou o vencedor.

Sainz, que era o terceiro naquele momento, acabou ultrapassando Verstappen. E o atual campeão mundial, logo em seguida, teve problemas de bateria e se viu obrigado a abandonar a prova.

Seu companheiro de Red Bull, o mexicano Sergio Pérez, rodou. Hamilton, que não conseguia grande rendimento de seu carro, herdou a terceira posição.

O heptacampeão reconheceu que a Mercedes não começa o ano da melhor maneira, mas celebrou ter subido ao pódio na primeira prova sob o novo regulamento da F1, com mudanças significativas nos carros, projetados para acelerar o ar que passa por baixo.

O resultado foram várias ultrapassagens, ilustradas no bom duelo entre Leclerc e Verstappen na parte inicial.

No fim da disputa, porém, ficou clara a superioridade da Ferrari, que busca voltar aos tempos de glória e teve um ótimo início de ano. "A Ferrari voltou", vibrou Sainz, que festejou a dobradinha ao lado de Leclerc.

Resultado da prova:

1. Charles Leclerc
2. Carlos Sainz
3. Lewis Hamilton
4. George Russel
5. Kevin Magnussen
6. Bottas
7. Esteban Ocon
8. Yuki Tsunoda
9. Fernando Alonso
10. Guanyu Zhou

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir