Cidadeverde.com
Cidades

Mimbó Conectado: comunidade quilombola recebe pontos de internet com acesso público

Imprimir

Foto: Divulgação/CCom-PI

O Governo do Piauí inaugurou, neste domingo (27), o projeto Mimbó Conectado, iniciativa que leva à comunidade pontos de internet com acesso público e para todas as casas que possuem estudantes. A ação também garante os aparelhos para conectividade, com a distribuição de tablets para todas as crianças acima de 5 anos matriculadas na escola e seus professores, e para os empreendedores que trabalharão com a loja virtual.

O projeto é implantado por meio da Parceria Público-Privada Piauí Conectado. “Desde o nosso primeiro mandato passamos a ter olhos atentos à comunidade, trazendo calçamento, energia elétrica, abastecimento de água, educação, programas vinculados à cultura, ao resgate da comunidade na geração de renda, e hoje damos mais um passo importante com a implantação da rede de conectividade, que liga Mimbó com o Brasil e o mundo, o que certamente faz uma grande diferença para a comunidade”, destacou o governador Wellington Dias PT).

O Quilombo Mimbó fica na zona rural de Amarante, a 170km de Teresina, e é o primeiro a contar com o serviço de fibra óptica banda larga para todos. “No nosso governo ninguém fica para trás e com o Mimbó não seria diferente. Aqui a conectividade com internet de alta de alta qualidade está chegando e é muito importante para o desenvolvimento dessa tradicional comunidade. São mais de 600 pessoas tendo novas oportunidades de crescimento”, afirmou o coordenador do PRO Piauí, Rafael Fonteles.

A comunidade contará com projetos de incentivo ao desenvolvimento e geração de renda, tais como a capacitação em reaproveitamento de retalhos. “A comunidade evoluiu muito, mas precisa de independência e a conectividade traz variadas oportunidades. Com isso, eles passarão a produzir roupas, bonecas e uma série de produtos que farão a partir de retalhos, portanto eles passam a ter uma independência financeira importante para a autonomia que eles precisam ter”, apontou a vice-governadora Regina Sousa.

Com o Mimbó Conectado, a comunidade passa a ter cinco pontos de internet de acesso público, 66 casas com estudantes usufruindo de internet e 98 alunos com tablets. “Os tablets e os pontos de internet trazem mais qualidade na educação, além de geração de empregos e renda. Todos serão capacitados para saberem quais os produtos são mais vendáveis e como calcular valores, além de serem estimulados a produzir mais. A nossa expectativa é alta e o Mimbó passará a ser conhecido mundialmente, é um projeto que muda a realidade da comunidade”, pontuou a líder comunitária Idelzuita Paixão.

Durante a solenidade de implantação do projeto, o governador Wellington Dias anunciou novos investimentos na comunidade Mimbó. Foram autorizadas a liberação de R$60 mil para a execução do projeto Quilombo Mimbó Desiene Artesanal, supervisionado pela designer Kalina Rameiro; a execução das obras do Quiosque Cultural Mirante do Mimbó, no valor de R$400 mil; a implantação da educação técnica e da Universidade Aberta do Piauí (Uapi), com 50 vagas para bacharelado em turismo, no edital de 2022; e a aquisição de veículo utilitário para parcerias com a Associação Comunitária do Mimbó.

Da Redação
[email protected]

Imprimir