Cidadeverde.com
Entretenimento

Oscar pode punir Will Smith por tapa em Chris Rock; troféu não deve ser revogado

Imprimir

 

 

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, entidade que organiza o Oscar, anunciou que vai investigar formalmente o tapa dado por Will Smith no comediante Chris Rock na cerimônia deste domingo (27).

Uma nota emitida pela entidade e reproduzida pela revista The Hollywood Reporter nesta segunda (28) afirma que a academia "condena as ações de Smith na cerimônia na noite passada" e explorará como proceder em relação a elas "de acordo com nossos estatutos, guias de conduta, e a lei da Califórnia".

A entidade está convocando os membros de seu conselho para uma ligação de telefone de emergência para revisar de cabo a rabo o episódio, que chocou tanto os astros na sala do Kodak Theatre, em Hollywood, quanto os espectadores que acompanhavam a transmissão de casa.

Na ocasião, Will Smith levantou da cadeira na cerimônia do Oscar e bateu no comediante Chris Rock, que estava no palco e havia feito uma piada com Jada Pinkett Smith, mulher do protagonista de "King Richard". Depois, Smith voltou à cadeira e gritou duas vezes "tire o nome da minha mulher da porra da sua boca".

A Hollywood Reporter diz que o cenário mais provável é que a reunião leve a uma suspensão temporária do vínculo do ator com a Academia, como pedem outros membros. Seu Oscar de melhor ator, conquistado por seu papel em "King Richards", não deve ser revogado, no entanto.

Pode ser que a sanção ainda aguarde a próxima reunião geral dos conselheiros. Esta sempre envolve uma análise da cerimônia e um revisão sobre as regras da premiação vigentes.

Fonte: Folhapress

Imprimir