Cidadeverde.com
Esporte

Rincón segue em estado crítico e médicos dizem que evolução não é favorável

Imprimir

O hospital Clínica Imbanaco divulgou na manhã desta quarta-feira (13) um novo boletim médico sobre o estado de saúde do ex-meio-campista colombiano Freddy Rincón, que sofreu grave acidente de carro na madrugada da última segunda-feira (11).

O ídolo do Corinthians segue em estado muito crítico e os exames realizados não mostraram uma evolução favorável.

"A condição de Freddy Eusebio [Rincón] permanece profundamente crítica. Os acompanhamentos, os exames diagnósticos, os estudos radiológicos e o quadro clínico não apresentam evolução favorável.

Como afirmamos desde o início, sua condição é extrema e o prognóstico permanece muito reservado", disse Laureano Quintero, médico do hospital.

O ex-jogador da seleção colombiana teve traumatismo craniano, foi operado e está em condições "muito críticas".

O ACIDENTE

De acordo com a imprensa colombiana, o automóvel que o ex-atleta estava se chocou com um ônibus, no bairro San Fernando, em Cali. As imagens mostram que o acidente atingiu um prédio entre as ruas 5 e 34 do bairro. O ônibus e o carro onde estava Rincón foram muito danificados.

O prefeito de Cali, Jorge Iván Ospina informou que o carro que transportava Rincón ultrapassou o sinal vermelho momentos antes do acidente.

O relatório da Secretaria de Mobilidade informa que uma das câmeras de segurança mostrou o carro onde estava o ex-jogador não respeitando um sinal vermelho antes de se chocar com o ônibus.

De acordo com o jornal 'El País', da Colômbia, além de Rincón, mais três pessoas ficaram feridas: o homem que dirigia o ônibus envolvido no acidente e mais duas pessoas que estavam com o ex-atleta no carro.

O prefeito de Cali informa que o motorista do ônibus sofreu uma fratura na perna, foi operado e está fora de perigo.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir