Cidadeverde.com
Esporte

Sofrimento e festa na classificação do Parnahyba para a decisão do Piauiense

Imprimir

O Parnahyba começou surpreendendo na jornada esportiva desta quarta-feira (13) no Estádio Lindolfo Monteiro. Centenas de torcedores vieram a Teresina e comandaram a alegria antes, durante e após o jogo com Altos, decidindo a parada para a final do Campeonato Piauiense. 

Fotos - Renato Andrade - Cidadeverde.com

No campo o time parnaibano atuou durante todo o primeiro tempo com firmeza na defesa e buscando alguns contra-ataques contra a retaguarda altoense.

PRINCIPAIS LANCES – 1º TEMPO

Até os 10 minutos tivemos Altos em cima ameaçando a marcação do primeiro gol e esbarrando no eficiente sistema defensivo do Parnahyba.

17 minutos – Bola na área de Altos e Fabrício finalizou de cabeça com real perigo. Foi a primeira grande oportunidade de gol no jogo.

20 minutos – Nova chegada do Parnahyba e Isac chutou para fora.

21 minutos – Foi a vez de Altos quase marcar. Dieguinho chutou para fora perdendo ótima oportunidade.

O primeiro tempo ficou mesmo em 0 x 0 e Altos teria apenas o segundo tempo para marcar 3 gols.

PRINCIPAIS LANCES – 2º TEMPO

3 minutos – Manoel perdeu grande oportunidade para Altos na frente do goleiro Cris.

15 minutos – Novo ataque de Altos e boa defesa do goleiro Cris.

22 minutos – Foi a vez de Dico quase marcar e outra vez Cris apareceu bem.

26 minutos – Dieguinho acerta uma bela bicicleta e o goleiro Cris fez defesa sensacional.

35 minutos – O Altos vai com tudo em busca do gol e lá estava Cris para defender.

44 minutos – Finalmente foi vencido o goleiro parnaibano. Bola na área e Tibiri fez Altos 1 x 0.

45 minutos – Sobe a placa de 8 minutos de acréscimo.

46 minutos – Altos é todo ataque e Manoel, de cabeça, marca o gol. Altos 2 x 0.

Dos 47 aos 53 minutos – Foi o Parnahyba inteiro na defesa e Altos em cima para fazer o terceiro gol.

53 minutos – Aumenta o sofrimento parnaibano. O árbitro acrescentou mais um minuto. E o placar ficou mesmo em 2 x 0 para a alegria de jogadores, dirigentes e torcedores do Parnahyba. Estava garantida a presença na final e a também a volta à Série D do Brasileiro e à Copa do Brasil. 

A luta agora será pelo título de campeão e pela vaga na Copa do Nordeste. A torcida do Tubarão fez a festa mais bonita do ano no futebol piauiense, manifestando toda a sua alegria para retorno do seu time a uma final de Campeonato Piauiense, compensando o sofrimento dos instantes de acréscimos na partida.

No segundo tempo do jogo o Parnahyba ficou muito recuado e acabou sofrendo 2 gols nos instantes finais e passando por maus momentos, mas segurou a classificação para a final.  Aí a sua vibrante torcida fez uma bonita festa no Estádio Lindolfo Monteiro aos gritos de “o campeão voltou”.

Altos atuou com Marcelo; João Carlos (Diego Viana), Mimica, Lucas Sousa e Dieyson; Marconi (Dico), Tibiri, Dieguinho e Elielton; Betinho (Danilo Bala) e Manoel. Técnico – Cristiano.

O Parnahyba atuou com Cris; Felipe, Alex Maranhão, Gilmar Bahia e Elvis (Makeka); Dedê (Vinícius), Rafael (Sorin), Jeff Silva (Alex Cabeça) e Paulinho; Alan Fabricíio (Wender) e Isac. Técnico – Pedro Manta. Destaque especial para a ótima atuação do doleiro Cris.

Árbitro – Jardiel da Rocha Soares.

Assistentes – Mauro Cezar Evangelista de Sousa e Álisson Lima Damasceno.

4º árbitro – Iudiney César Rocha e Silva.

Como havia vencido o primeiro jogo, realizado em Parnahyba, por 3 x 0, mesmo perdendo o segundo por 2 x 0, o Parnahyba está classificado para a decisão do título com o Fluminense. A Federação já programou os dois jogos para a decisão:

1º Jogo – Dia 21.04 às 16h00 no Estádio Pedro Alelaf, em Parnaíba.

2º Jogo – Dia 27.04, às 19h00 no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir