Cidadeverde.com
Política

Semjuv e Secretaria de Mulheres ganharão novo comando com indicação de bloco de vereadores

Imprimir

Foto: Arquivo Cidade Verde

Pelo menos três pastas da administração municipal podem ganhar novos secretários nos próximos dias com a reforma administrativa anunciada pelo prefeito Dr. Pessoa (Republicanos). A informação foi confirmada pelo líder do prefeito Renato Berger (PSD) nesta terça-feira (19). 

Segundo o vereador, são elas a Secretaria Municipal de Economia Solidária de Teresina (Semest), Secretaria Municipal da Juventude (Semjuv) e a Secretaria de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM). 

“A reforma será no sentido colocar nas secretarias, cujos titulares sairem mais outras pessoas. A reforma que o prefeito fala vai focar na valorização de pastas dessas que vão ter agora, dado o trabalho que o prefeito tem feito em busca de recursos para essas secretarias para que elas possam desenvolver ações maiores” explicou o parlamentar. 

Com a saída das secretárias Eliana Lago e Karla Berger, as pastas foram assumidas por Gabriela Oliveira Rodrigues e Débora Virgínia Ferraz De Oliveira. 

Bloco de vereadores fará indicações 

Ainda conforme apurado pelo portal Cidade Verde, parte dos novos gestores serão indicações de blocos de vereadores que foram formados na Câmara Municipal. 

Questionado sobre as indicações, Renato Berger avaliou que o prefeito tem à disposição bons nomes para assumirem as pastas. 

“O prefeito tem vereadores, pessoas que são ligadas a ele e que podem desenvolver um trabalho e que poderão fazer parte nessa reforma, assumir alguma parte. A Semest, Semjuv a secretaria da mulher, são secretarias que estão sem seus titulares e que podem absorver algumas pessoas temporariamente, pois pode ser que alguns desses podem retornar após as candidaturas”, disse. 

Mudanças começam neste mês, diz prefeito 

Nesta manhã, Dr. Pessoa afirmou que a administração municipal passará por uma reforma administrativa a partir do final mês. 

“No mês de janeiro disse que iria fazer uma medição, ver as metas administrativas, e é o que vou fazer. É o que vou começar a fazer. Vocês verão as mudanças neste fim de mês para o começo do outro”, finalizou. 

Ainda conforme aliados do primeiro escalão do Palácio da Cidade, emedebistas podem também ser exonerados das pastas que ocupam devido rompimento do prefeito com o grupo político do partido. Entre eles, estariam os superintendentes Daniel Carvalho e Ricardo Monteiro.

 

Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir