Cidadeverde.com
Esporte

Red Bull Bragantino e São Paulo empatam por 1 a 1 em Bragança Paulista

Imprimir

Red Bull Bragantino e São Paulo fizeram uma boa partida na tarde deste sábado, em Bragança Paulista, no interior do Estado, válida pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto - Rubens Chiri / saopaulofc.net

Com compromissos pelos torneios continentais na próxima semana, as duas equipes entraram em campo com mudanças, mas mesmo assim o jogo foi muito disputado. Com um gol de cada equipe em cada tempo, o jogo terminou com um empate por 1 a 1.

Com o resultado, as duas equipes seguem no alto da tabela de classificação do Brasileirão - o Red Bull Bragantino chegou aos 5 pontos e o São Paulo está com 4.

Pelo torneio nacional, o próximo confronto do time do interior será no sábado, dia 30, quando enfrentará o Ceará, no Castelão, em Fortaleza. Já o Tricolor disputará o clássico com o Santos no dia 2 de maio, uma segunda-feira, às 20h, no Morumbi.

O Red Bull Bragantino foi para o jogo com uma equipe alternativa Na próxima terça, dia 26, o time tem um confronto que promete ser difícil - o time encara o Estudiantes de La Plata, na Argentina, pela terceira rodada do Grupo C da Libertadores.

Do lado do São Paulo, que na quinta, dia 28, viaja para a Bolívia para encarar o Jorge Wilstermann, pela Copa Sul-Americana, foram três ausências: Reinaldo, Luan e Gabriel Neves.

Antes do jogo, Rogério Ceni, técnico do São Paulo, afirmou que promoveu algumas alterações na escalação para que sua equipe ganhasse em altura e ainda conseguisse manter a posse de bola por mais tempo do que o rival. Apenas uma parte do plano do treinador deu certo.

Isso porque com menos de um minuto de jogo, o Red Bull Bragantino teve um escanteio pela esquerda do seu ataque.

Após a cobrança, a bola cruzou toda a área do São Paulo e Miguel finalizou para ótima defesa de Jandrei, que espalmou, mas a bola explodiu no travessão e ficou livre para Alerrandro, de joelho, marcar o primeiro gol do jogo.

Em relação à posse de bola, Ceni teve sucesso. No primeiro tempo, o São Paulo ficou com ela nos pés durante 62% do jogo. O time pressionou demais, mas não conseguiu empatar antes do intervalo.

Após sofrer o gol, o time foi melhor que a equipe do Interior, criou boas chances, principalmente com o atacante Calleri, mas o argentino parou nas mãos do goleiro Cleiton. O time ainda teve boas oportunidades nos pés de Rodrigo Nestor e Nikão.

Os times voltaram iguais após o intervalo e tanto Red Bull Bragantino quanto o São Paulo tiveram ótimas chances para marcar antes dos 20 minutos. Primeiro, o Tricolor chegou com muito perigo aos 15.

Nikão cruzou na medida para Calleri, que ajeitou o corpo e bateu de primeira, rasteiro, mas a bola passou raspando a trave direita de Cleiton.

Depois, foi a vez da equipe do Interior perder uma grande chance Aderlan avançou pela direita, Alerrandro fez o corta-luz e Hyoran, que havia acabado de entrar, ficou livre, de frente para Jandrei, mas finalizou à esquerda do gol.

Depois disso, Rogério Ceni mudou o esquema do São Paulo e teve muito sucesso. O treinador sacou o volante Andrés Colorado e colocou o centroavante Éder e chegou ao empate.

Aos 25, Welington fez excelente cruzamento para o próprio Éder cabecear com classe, de longe, no contrapé de Cleiton, que apenas olhou a bola morrer no gol - 1 a 1.

O São Paulo aumentou a pressão em busca da vitória e perdeu boa chance com Alisson, aos 26. Aos 39, Éder recebeu ótimo passe de Igor Gomes na direita. O atacante entrou na área e tocou na saída de Cleiton, mas a bola caprichosamente bateu na trave direita e depois a defesa afastou o perigo. 

Aos 45, mais uma chance desperdiçada pelo Tricolor - Calleri recebeu lançamento em velocidade e tentou encobrir o goleiro, mas a bola passou por cima da meta.

No fim do jogo, uma confusão terminou com a expulsão de Rogério Ceni - o treinador discutiu com o quarto árbitro, levou amarelo, seguiu com a reclamação e recebeu o vermelho. Sem mais chances, a boa partida terminou mesmo em um justo empate por 1 a 1.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir