Cidadeverde.com
Picos

Conheça a história da Igreja Matriz de Picos

Imprimir
  • dentro_4.JPG Paula Monize
  • dentro_6.JPG Paula Monize
  • dentro_2.JPG Paula Monize
  • dentro_5.JPG Paula Monize
  • dentro_3.JPG Paula Monize
  • dentro_1.JPG Paula Monize
 

Eleita uma das sete maravilhas do Piauí e uma das maiores igrejas do Nordeste, com quarenta metros de altura, a Catedral de Nossa Senhora dos Remédios é o cartão postal de Picos. 

Localizada na região central do município, a Igreja Catedral e/ou Matriz abraça a feira livre. É ponto de referência histórica, religiosa, onde diariamente dezenas de pessoas frequentam o templo em busca de renovação da fé.

Diante da sua representatividade, o Portal cidadeverde.com/picos conta a história desse patrimônio religioso e arquitetônico do povo de Picos. 

O professor e historiador, Higo Meneses, relata sobre as curiosidades em torno do processo de construção da Igreja Matriz. 

“O novo templo começou a ser construído em 1947, a partir da mobilização provocada pelo Pe. Inácio Madeira. A estrutura da igreja começou a ser levantada de traz para frente, acredito eu para não trazer desentendimento com a comunidade. Aos poucos essa nova Catedral foi substituindo a anterior. Não foi feito um processo de demolição de uma única vez. Os sinos, vitrais vieram do exterior, houve um grande apoio da sociedade picoense nesse processo. A benção oficial que se se configura como ato de inauguração em 1969”, destaca o historiador Higo Meneses.

Retrospectiva

A primeira Igreja Matriz de Picos foi a Igrejinha do Sagrado Coração de Jesus. Em 1847 com a chegada da imagem de Nossa Senhora dos Remédios e diante da grande devoção dos fiéis veio a necessidade de construir uma igreja maior.

Em 1870, ainda no século XIX, quando Picos ainda era Vila, chegou em Picos um Padre Frei Ibiapina, responsável por organizar um mutirão e construir num prazo de 90 dias a primeira Igreja Catedral num estilo barroco, no mesmo local onde está a atual.

Igreja Catedral construída em 1870 - Acervo Varão

A Igreja Catedral como é vista hoje foi construída décadas depois e se tornou motivo de orgulho para a população.

Construção da Igreja Catedral levou 20 anos

Flash Paula Monize

[email protected]

Imprimir