Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo inicia semana de Copas de olho em confiança para o Campeonato Brasileiro

Imprimir

Após a derrota para o Athletico-PR, o Flamengo dá um tempo na disputa do Campeonato Brasileiro e vira a chave para os objetivos na Copa do Brasil e na Libertadores.

Foto - Marcelo Cortes - Flamengo

Ainda tentando combater a irregularidade na principal competição nacional, o clube rubro-negro vê os compromissos contra Universidad Católica-CHI, quinta-feira (28), e Altos-PI, domingo (1°), como uma janela de oportunidade para retomar a confiança.

Com 100% de aproveitamento no torneio continental, o Flamengo vai ao Chile para encarar a Universidad Católica e mira o jogo como crucial para colocar um pé nas oitavas de final. O time carioca soma duas vitórias em dois jogos e fica com a vaga no Grupo H muito bem encaminhada em caso de triunfo.

Se atingir seu objetivo em Santiago, o time carioca pode até dar uma desacelerada na Libertadores, se for preciso em algum dos compromissos que restam. Em tempos de calendário lotado e departamento médico cheio, uma classificação antecipada seria bem vinda na Gávea.

Os efeitos da maratona já são visíveis e interferem diretamente nas escolhas de Paulo Sousa. Em Curitiba, o treinador poupou David Luiz, Filipe Luís, Everton Ribeiro e Gabigol para evitar um desgaste ainda maior. Em campo, a equipe sentiu as ausências e fez um jogo muito aquém do esperado.

"Sem dúvida que preciso poupar. Seja pelo tempo de recuperação, seja pelo número de jogos acumulados. Jogadores que têm histórico de lesões podem condicionar o futuro e aí teremos de tomar decisões de não participarem de jogos", disse o português.

Diante deste quadro, o duelo contra o time piauiense será usado como uma partida estratégica para tomar essas decisões. Como a disparidade técnica é evidente, o clube rubro-negro vai calcular com carinho os riscos do embate em Teresina.

Os jogadores serão reavaliados depois do jogo no Chile, mas é praticamente certo que o Flamengo terá muitas mexidas contra o Altos.

"Dentro do elenco que temos, podemos utilizar outros. Mas os adversários são diferentes, as condições do campo também", indicou Sousa.

No treino desta segunda-feira (16), Rodrigo Caio, Bruno Henrique, Ayrton Lucas e Matheuzinho treinaram com o restante do grupo do Flamengo durante parte do trabalhos e estão cada vez mais próximos da volta. 

No entanto, somente Bruno Henrique está entre os relacionados para a partida desta quarta-feira, enquanto os demais finalizam transição física.

O zagueiro David Luiz também não acompanhará a delegação, pois foi dispensado pelo clube para resolver problemas pessoais. 

Os zagueiros Gustavo Henrique e Fabrício Bruno e os atacantes Vitinho e Matheus França continuam no departamento médico do time. Com isso, uma provável escalação do Flamengo tem: Santos (Hugo), Willian Arão, Pablo e Filipe Luís; Isla, João Gomes, Thiago Maia e Lázaro; Everton Ribeiro e Arrascaeta; Gabigol.

O Universidad Católica, por sua vez, deve entrar em campo com: Sebastián Pérez; Raimundo Rebolledo, Tomás Asta-Buruaga, Cristián Cuevas e Alfonso Parot; Marcelino Núñez, Felipe Gutiérrez e Juan Leiva; José Pedro Fuenzalida, Gonzalo Tapia e Fernando Zampedri.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir