Cidadeverde.com
Esporte

Cristiano Ronaldo marca e busca empate para o Manchester United contra o Chelsea

Imprimir

Após ser goleado por 4 a 0 pelo Liverpool e perder por 3 a 1 para o Arsenal, o Manchester United encerrou uma dura sequência de jogos ao empatar por 1 a 1 com o Chelsea, nesta quinta-feira.

A terceira derrota seguida para um dos principais rivais foi evitada graças a um gol marcado por Cristiano Ronaldo, dois minutos depois de Alonso abrir o placar para o time londrino no Old Trafford.

O resultado na partida adiantada da 37ª e penúltima rodada do Campeonato Inglês define que o United terminará a atual edição com sua pior pontuação na era da Premier League.

Em sexto lugar, com 55 pontos, praticamente fora da briga por uma vaga na Liga dos Campeões, o time comandado por Ralf Rangnick chega no máximo aos 64 pontos, mesma quantidade conquistada na temporada 2013/2014.

O Chelsea, por sua vez, continua a jornada em busca de confirmar sua posição dentro do G-4. No momento, a equipe de Thomas Tuchel ocupa a terceira colocação, com 66 pontos, seis a mais que o quarto Arsenal, que tem 60.

Assim como ocorreu nas rodadas anteriores desta reta final, Rangnick teve que lidar com desfalques para montar o United. A lista de baixas tem o brasileiro Fred, fora pelo quarto jogo seguido, além de nomes como Jadon Sancho, Harry Maguire, Luke Shaw , Wan-Bissaka, Pogba e Cavani.

Jogando em casa, o time de Manchester mostrou algum ímpeto ofensivo durante a primeira metade da etapa inicial, mas o que mais chamou a atenção foi o espaço cedido entre o meio de campo e a defesa.

Com mais posse de bola, o Chelsea tinha facilidade para transitar entre os setores e se aproximar da área adversária. De qualquer forma, mostrava limitações no momento de concluir as jogadas.

As melhores chances do time londrino foram em finalizações de Havertz. Primeiro, o alemão ficou de frente com De Gea e chutou em cima dele, após receber bom passe de Kanté. Um pouco mais tarde, tentou pelo alto, em um bom cabeceio, e viu o goleiro do United vencer o duelo mais uma vez.

A superioridade do Chelsea só foi convertida em gol aos 14 minutos do segundo tempo. No lance, Marcos Alonso aproveitou desvio de cabeça de Havertz e bateu firme, sem deixar a bola cair, para colocar a bola na rede.

A vantagem, entretanto, durou apenas dois minutos, pois, aos 16, Matic ficou com a bola após erro na saída londrina e deu um balãozinho para dentro da área, onde Cristiano Ronaldo dominou e empatou ao finalizar com tranquilidade.

O United volta a campo na próxima segunda-feira, quando enfrenta o Brentford, novamente no Old Trafford, pela 35ª rodada do Inglês. O Chelsea, por sua vez, enfrenta o Everton, fora de casa, no domingo.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir