Cidadeverde.com
Últimas

Semana de Conscientização sobre Compostagem tem ampla programação em Teresina

Imprimir

Foto: Divulgação

No dia 1º a 7 de maio vai ser realizada em Teresina Semana Internacional de Conscientização sobre Compostagem, com uma programação especial que inclui plantio de árvores, palestras, lives e oficina. A compostagem é um processo que transforma restos de alimentos em adubo para as plantas, contribuindo para minimizar os efeitos do aquecimento do planeta.

A programação inicia no domingo (1), às 8h, onde os teresinenses poderão fazer um plantio de mudas no Bosque da Memória, situado às margens do Rio Parnaíba. 

"É uma atividade que acontece em homenagem às vítimas da Covid-19 e que também contribui para a recuperação de ecossistemas. Vamos utilizar o adubo produzido nas nossas composteiras para nutrir as plantas do local e contaremos com o apoio da Rede Ambiental do Piauí”, afirmou Ramon Campelo, engenheiro civil e co-fundador da Startup É de Sol, responsável pela iniciativa.

No dia 4, às 18h, acontecerá a live "Compostagem como alternativa para gestão de resíduos em condomínios" no Instagram da É de Sol. 

Já na sexta-feira (6), das 14h às 16h, ocorrerá o evento "Compostagem na Prática", no Parque Zoobotânico, na zona Leste de Teresina. Durante a atividade, a população poderá aprender a transformar restos de alimentos produzidos em suas residências em adubo para as hortas e jardins. 

Ao longo da semana, haverá também palestra sobre a temática em escola particular e oficina de compostagem na Floresta dos Palmares.

A estudante de arquitetura e co-fundadora da É de Sol, Carla Ohana, afirmou que a programação visa difundir à população  os benefícios da compostagem ao meio ambiente, sendo uma forma eficaz de diminuir a emissão de gases prejudiciais ao planeta, diferente do que ocorre quando o lixo orgânico é descartado nos aterros. 

“Com essas ações que acontecerão em vários pontos da cidade, queremos estimular a responsabilidade socioambiental das pessoas, empresas e governo e mostrar o quanto é importante a separação e destinação correta do lixo gerado. Sabemos que todos podemos agir localmente, pensando globalmente", afirmou.

 

Da Redação
[email protected]

Imprimir